Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.591,41
    -172,59 (-0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.435,45
    +140,65 (+0,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,83
    +0,07 (+0,06%)
     
  • OURO

    1.821,00
    -0,20 (-0,01%)
     
  • BTC-USD

    20.386,79
    -434,94 (-2,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    441,05
    -9,01 (-2,00%)
     
  • S&P500

    3.821,55
    -78,56 (-2,01%)
     
  • DOW JONES

    30.946,99
    -491,31 (-1,56%)
     
  • FTSE

    7.323,41
    +65,09 (+0,90%)
     
  • HANG SENG

    22.418,97
    +189,47 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    27.049,47
    +178,17 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    11.685,50
    +11,25 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5417
    -0,0024 (-0,04%)
     

Governo trabalha para ter esboço de renovações de distribuidoras de energia até agosto

Instalações de transmissão de energia

SÃO PAULO (Reuters) - O Ministério de Minas e Energia pretende ter, até o final de agosto, um esboço dos parâmetros para o próximo ciclo de renovações de concessões de distribuidoras de energia, que começa em 2025, disse nesta quarta-feira a secretária-executiva da pasta, Marisete Pereira.

Ela disse que o governo trabalha com um "cronograma desafiador" para essas renovações, mas que já tem conversas com a Agência Nacional de Energia Elétrica e com a associação das distribuidoras para pensar no futuro do segmento em meio à abertura do mercado livre, que tem impacto sobre o mercado regulado das distribuidoras.

Reportagem da Reuters em abril mostrou que governo e empresas do setor elétrico começam a se preparar para um novo ciclo de renovação que ocorrerá entre 2025 e 2030, discutindo um alinhamento das empresas ao novo papel da distribuição de energia em um mercado totalmente livre.

Em participação no Encontro Nacional de Agentes do Setor Elétrico, a secretária disse ainda que o governo espera que o Congresso avance com a votação do projeto de modernização do setor elétrico.

Segundo ela, a pressão atual de custo de energia deve sensibilizar os parlamentares da importância da reforma do marco legal setorial.

(Por Letícia Fucuchima)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos