Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.774,57
    -1.140,88 (-1,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.007,16
    +308,44 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,71
    -0,47 (-0,71%)
     
  • OURO

    1.783,10
    +6,60 (+0,37%)
     
  • BTC-USD

    56.916,61
    -604,57 (-1,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.442,71
    -26,37 (-1,79%)
     
  • S&P500

    4.513,04
    -53,96 (-1,18%)
     
  • DOW JONES

    34.022,04
    -461,68 (-1,34%)
     
  • FTSE

    7.168,68
    +109,23 (+1,55%)
     
  • HANG SENG

    23.658,92
    +183,66 (+0,78%)
     
  • NIKKEI

    27.935,62
    +113,86 (+0,41%)
     
  • NASDAQ

    15.858,75
    -291,75 (-1,81%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4463
    +0,0763 (+1,20%)
     

Governo de São Paulo anuncia Corujão da Saúde com foco em oftalmologia

·1 min de leitura
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 20.08.2019: O governador de São Paulo, João Doria (PSDB). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 20.08.2019: O governador de São Paulo, João Doria (PSDB). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Governo de São Paulo, gestão João Doria (PSDB), anunciou nesta quarta-feira (20) uma nova fase do Corujão da Saúde, com foco em oftalmologia. O programa está previsto para iniciar nesta quinta (21) em todo o estado. Serão oferecidos à população cerca de 51 mil procedimentos, entre consultas, exames e cirurgias, em um investimento de R$ 14 milhões.

A medida visa zerar a demanda de procedimentos oftalmológicos dos AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidades) que foram cadastrados pelos municípios na Cross (Central de Regulação e Oferta de Serviços de Saúde) até o último dia 20 de setembro.

"O Corujão da Saúde foi retomado no mês de outubro e o Governo de SP vai prosseguir com o Corujão todos os meses no atendimento à população, principalmente a população mais vulnerável", diz Doria, em coletiva.

Serão ofertados 23.112 exames de dez tipos diferentes, 16.077 cirurgias de catarata e retina e 11.794 consultas médicas.

Os procedimentos serão realizados em 46 AMEs de todas as regiões do estado e em dez hospitais da rede da Secretaria de Estado da Saúde. Estes serviços irão oferecer agendas extras em horários alternativos para zerar a demanda.

No último mês, quando a gestão estadual retomou o Corujão, o foco foi em oncologia. Os atendimentos começaram no dia 1º de outubro e já foram realizados 16 mil exames e cerca de 750 sessões radioterápicas.

Ao todo, o Governo pretende realizar 335 mil exames, além de 19 mil sessões de radioterapia. O chamamento público teve participação de 92 serviços da rede privada, entre eles, Instituto Israelita Albert Einstein, Sírio Libanês, Beneficência Portuguesa, Hospital Santa Catarina, HCor, entre outros.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos