Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.094,22 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,95 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,32
    +0,25 (+0,35%)
     
  • OURO

    1.801,00
    -0,80 (-0,04%)
     
  • BTC-USD

    34.658,99
    +622,11 (+1,83%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,15 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,82 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.110,75
    +12,75 (+0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1221
    +0,0005 (+0,01%)
     

Governo publica regras de funcionamento da câmara de gestão energética Creg

·1 minuto de leitura

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O governo federal publicou nesta terça-feira resolução que aprova as regras de funcionamento da Creg, câmara criada para buscar medidas de garantia do suprimento de energia do Brasil, em meio a uma grave crise hídrica nos reservatórios das hidrelétricas, conforme publicação no Diário Oficial da União.

A câmara terá como função principal estabelecer medidas emergenciais para a otimização do uso dos recursos hidroenergéticos e para o enfrentamento da atual situação de escassez hídrica, a fim de garantir a continuidade e segurança do suprimento eletroenergético no país.

A Creg será composta pelos ministros de Minas e Energia, Economia, Infraestrutura, Agricultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional.

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, é o presidente da Creg e será o responsável por definir a pauta das reuniões do plenário, que ocorrerão mensalmente, cabendo-lhe, além do voto pessoal, o de qualidade, em caso de empate.

Albuquerque também deverá submeter a votação as matérias a serem decididas pelo plenário, estabelecendo a ordem dos trabalhos, ou suspendendo-os, sempre que necessário. Ele poderá ser substituído, nos seus afastamentos ou impedimentos regulamentares, pela secretária-executiva do Ministério de Minas e Energia, Marisete Pereira.

Dentre as competências da Creg, está a definição de diretrizes obrigatórias para, em caráter excepcional e temporário, estabelecer limites de uso, armazenamento e vazão das usinas hidrelétricas e eventuais medidas mitigadoras associadas.

A câmara também terá como responsabilidade definir prazos para a implementação das diretrizes, além de decidir sobre a homologação das deliberações do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), relacionadas às medidas emergenciais destinadas ao suprimento eletroenergético.

(Por Marta Nogueira)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos