Governo prevê desativar sinal analógico a partir de 2015

O governo pretende iniciar o desligamento do sinal analógico de TV a partir de 2015, segundo o secretário de Comunicação Eletrônica do Ministério das Comunicações, Genildo Lins. Ele informou nesta quarta-feira que existe a intenção de mudar o cronograma do desligamento de sinal que será substituído integralmente pelas transmissões digitais. "O decreto prevê para junho de 2016. Propomos que a data vá para 2018 e que a gente comece a desligar o sinal analógico em 2015. A ideia é fazer de forma gradual, trabalhar em grandes centros primeiro."

Para ampliar o alcance da telefonia de quarta geração (4G) no País, o governo anunciou no início de fevereiro que vai antecipar a desocupação de parte dos canais de TV analógicos e licitar a faixa de 700 MHz entre fevereiro e março de 2014 - a intenção inicial era fazer o leilão ainda este ano. O objetivo é universalizar o serviço de banda larga e acelerar a digitalização da TV aberta.

O secretário afirmou que um levantamento preliminar aponta que, para liberar a faixa de 700 MHz, é preciso desligar o sinal analógico em 885 municípios brasileiros. "É pouco quando se pensa em quantidade de municípios e muito quando se pensa em população", ponderou. Ele afirmou ainda que a expectativa para quando sair o levantamento final é que o número de municípios caia. "O problema é menor do que achamos que é."

Lins reforçou que há garantias para a desocupação da faixa: "O governo vai garantir espaço para todos, cobertura para todos os operadores, e vai garantir que não haverá interferência do 4G".

Carregando...