Governo português anuncia que déficit ficou em menos de 5% em 2012

Lisboa, 22 jan (EFE).- O déficit de Portugal terminou o ano de 2012 abaixo de 5% do PIB, segundo dados preliminares do governo luso, o que se for confirmado significa que o país cumpriu com as metas estipuladas com a troika.

Em declarações divulgadas pela imprensa de Portugal, o ministro das Finanças, Vítor Gaspar, que está em Bruxelas, assegurou nesta terça-feira que o limite estabelecido pela troika equivalia a cerca de nove bilhões de euros, e que o país fechou o ano passado com um déficit público de cerca de 8,3 bilhões de euros.

Devido a forte queda da receita do Estado luso, a União Europeia e o Fundo Monetário Internacional aceitaram em setembro passado relaxar suas exigências a Portugal, por isso a meta de déficit para 2012 passou de 4,5% para 5%.

As autoridades que concederam ao país um resgate de 78 bilhões de euros também flexibilizaram o objetivo para o déficit em 2013, que passou de 3% para 4,5%.

Com a crise, o déficit público de Portugal atingiu seu máximo em 2010, ao chegar a 9,8%, e fechou 2011 em 4,4%, graças a uma transferência de fundos de pensões sem a qual este índice teria sido de 7,7%.

As previsões de Gaspar foram divulgadas no mesmo dia em que a União Europeia demonstrou sua disponibilidade para conceder mais tempo a Portugal para devolver o valor de seu resgate financeiro. EFE

otp/dk

Carregando...