Governo garantirá tarifa menor de energia, diz Mantega

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que garante a redução de 20% na tarifa média de energia elétrica em 2013, mas afirmou que o Tesouro Nacional ainda analisa alternativas para cobrir a diferença da Cemig, Cesp e Copel, que não renovaram as concessões. Segundo ele, o Tesouro terá de bancar uma diferença entre R$ 2 bilhões e R$ 3 bilhões. "Vai estar coberto. Existem alternativas", afirmou. Mantega participou, nesta quarta-feira, de um café da manhã com jornalistas.

Mantega informou que a União já reforçou em R$ 10 bilhões, atingindo um total de R$ 30 bilhões, o valor das indenizações para as companhias que anteciparam a renovação dos contratos de forma a permitir a queda no custo da energia. O valor da indenização, segundo ele, é suficiente para cobrir a depreciação dos ativos dessas empresas.

Carregando...