Mercado abrirá em 5 h 26 min
  • BOVESPA

    120.700,67
    +405,99 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.514,10
    +184,26 (+0,38%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,63
    +0,17 (+0,27%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -2,90 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    61.634,86
    -1.482,87 (-2,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,94
    -13,01 (-0,94%)
     
  • S&P500

    4.170,42
    +45,76 (+1,11%)
     
  • DOW JONES

    34.035,99
    +305,10 (+0,90%)
     
  • FTSE

    7.017,02
    +33,52 (+0,48%)
     
  • HANG SENG

    28.989,79
    +196,65 (+0,68%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    13.989,50
    -24,50 (-0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7152
    -0,0059 (-0,09%)
     

Governo prepara leilões de infraestrutura para esta semana

Redação Finanças
·2 minuto de leitura
Divulgação/Infraero
Aeroporto de Curitiba está entre os oferecidos para concessão à iniciativa privada
  • Três leilões da infraestrutura estão previstos para essa semana

  • Ao todo, serão ofertados 5 terminais portuários, 22 aeroportos e uma ferrovia

  • Estimativa é que certame levante mais de R$ 10 bilhões em investimentos

Com a previsão de três leilões de infraestrutura ainda nesta semana, o governo federal retoma a agenda de privatizações. Na “Infra Week”, devem ser ofertados 22 aeroportos, uma ferrovia e 5 terminais portuários entre os 7 e 9 de abril, e a estimativa é de levantar mais de R$ 10 bilhões em investimentos, segundo o ministério da Infraestrutura. As informações são do G1.

Leia também:

Aeroportos

Marcado para 10h de quarta-feira (7), o certame da concessão dos 22 aeroportos será o primeiro, com previsão de R$ 6 bilhões de investimento. A divisão será feita em três blocos.

O bloco Norte tem sete aeroportos que ficam na região norte, como o de Manaus, Porto Velho e Rio Branco, com lance mínimo de R$ 47,8 milhões. Já o Central tem seis aeroportos, que incluem os de Goiânia, São Luís e Teresina, por um valor inicial de R$ 8,146 milhões.

Por fim, o Sul é o maior e mais caro, com nove aeroportos que ficam na região sul do país, como os de Curitiba, Pelotas (RS) e Londrina (PR). O lance mínimo é de R$ 130 milhões.

Essas unidades representam 11% do tráfego aéreo de passageiros, segundo a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). Antes desse leilão, 67% do tráfego nacional já estava nas mãos da iniciativa privada.

Serão 22 aeroportos concedidos à iniciativa privada, com previsão de R$ 6 bilhões para investimento
Serão 22 aeroportos concedidos à iniciativa privada, com previsão de R$ 6 bilhões para investimento

Ferrovia de Integração Oeste-Leste

Na quinta-feira (8), é a vez de um trecho de 537 km da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), de Ilhéus (BA) até Caetité (BA), ser concedido à iniciativa privada por 35 anos. Com o leilão, serão garantidos R$ 3,1 bilhões em investimentos.

Terminais portuários

Na sexta-feira (9), a concessão é de cinco terminais portuários por 20 anos: quatro no porto de Itaqui, no Maranhão, e um no porto de Pelotas, no Rio Grande do Sul. A previsão é de que o leilão garanta R$ 600 milhões em investimentos.