Governo dos EUA abre processo contra Standard & Poor's

O Departamento de Justiça do Estados Unidos confirmou nesta terça-feira que abriu um processo contra a agência de classificação de risco Standard & Poor's por ter supostamente se envolvido num esquema com o objetivo de fraudar investidores que detinham títulos lastreados em hipotecas residenciais (RMBS) e obrigações de dívida colateralizada (CDOs).

Segundo o processo, os investidores perderam bilhões de dólares com CDOs às quais a S&P atribuiu ratings "inflados", que não representavam o verdadeiro risco de crédito dos títulos. A queixa também alega que a S&P mentiu sobre a objetividade e independência de seus ratings, que seriam influenciados pelo relacionamento da agência com bancos de investimento. Para o Departamento, a S&P favoreceu estes bancos para elevar suas receitas e participação de mercado.

"A ação de hoje é um importante passo de nossos esforços em investigar e punir a conduta que teria contribuído para a pior crise econômica da história recente", comentou o procurador-geral norte-americano, Eric Holder, em comunicado. As informações são da Dow Jones.

Carregando...