Mercado fechará em 5 horas 1 minuto
  • BOVESPA

    108.866,46
    -110,24 (-0,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.668,64
    -310,36 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,31
    -1,97 (-2,58%)
     
  • OURO

    1.754,70
    +0,70 (+0,04%)
     
  • BTC-USD

    16.202,08
    -341,83 (-2,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    379,85
    -2,81 (-0,73%)
     
  • S&P500

    4.026,12
    -1,14 (-0,03%)
     
  • DOW JONES

    34.347,03
    +152,93 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.458,44
    -28,23 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    17.297,94
    -275,64 (-1,57%)
     
  • NIKKEI

    28.162,83
    -120,20 (-0,42%)
     
  • NASDAQ

    11.705,00
    -77,75 (-0,66%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,6276
    +0,0032 (+0,06%)
     

Governo decide que diesel R5 da Petrobras poderá disputar mercado com biodiesel, diz Ubrabio

Caminhão carregado com soja no Brasil

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) estabeleceu nesta segunda-feira que o diesel da Petrobras coprocessado com óleo vegetal poderá participar do programa de mistura de biodiesel no combustível fóssil, de acordo com informação da União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio).

A decisão tomada pelo conselho permite que produtos de outras rotas tecnológicas possam participar da parcela obrigatória de biodiesel no diesel, disse o diretor superintendente da Ubrabio, Donizete Tokarski, à Reuters.

Não estava claro com qual percentual o diesel coprocessado da Petrobras, chamado R5, poderia participar da mistura. Esse combustível tem 95% de diesel e 5% de teor renovável.

Procurado, o Ministério de Minas e Energia não comentou o assunto imediatamente.

Ainda segundo a Ubrabio, o CNPE estabeleceu manutenção da mistura de biodiesel no diesel em 10% até 31 de março de 2023.

A mistura de biodiesel deveria ter sido de 14% no diesel na maior parte de 2022, mas o governo decidiu por uma mistura menor, de 10%, em meio a uma safra quebrada de soja que elevou os preços.

Pelo cronograma do programa de biodiesel, a mistura deverá subir para 15%, na maior parte de 2023, disse a Ubrabio, citando uma decisão do CNPE. O ministério também não comentou imediatamente essa informação.

(Por Roberto Samora)