Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.452,56
    +623,41 (+2,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Governo de Cuba vai comprar dólar na taxa informal para captar divisas

O Banco Central de Cuba (BCC) informou que a partir desta quinta-feira os bancos e casas de câmbio começarão a comprar dólar ao preço de 120 pesos cubanos, taxa semelhante à do mercado informal, uma medida destinada a captar divisas.

"Consideramos que a taxa de 120 pesos cubanos por dólar, moeda usada como base para estabelecer a taxa de câmbio para o restante das moedas, é a taxa que consideramos que terá mais expectativa", expressou a presidente do banco, Marta Sabina Wilson, em pronunciamento na TV.

A moeda disparou no mercado negro depois que, em janeiro de 2021, Cuba implementou uma reforma financeira que fixou o dólar em 24 pesos e, quatro meses depois, suspendeu a venda de dólares à população por falta de liquidez. Desde então, a moeda americana chegou a ser negociada no mercado informal a 124 pesos. Hoje, valia 115, segundo o veículo independente El Toque, considerado ilegal em Cuba.

No momento, apenas as instituições financeiras irão adquirir a moeda americana. No futuro, a população também poderá comprar dólares. "A taxa de 120 pesos por dólar não é de equilíbrio, é apenas para a compra. Quando começarmos a vender, será definida uma taxa de câmbio equilibrada", explicou Marta Sabina.

A nova paridade será dirigida à população em geral e aos turistas, acrescentou a funcionária. Dessa forma, permanecerão em vigor duas taxas de câmbio.

O ministro da Economia, Alejandro Gil, explicou que a paridade oficial, de 24 pesos, continuará em vigor para transações internas da economia cubana. "Esse passo não tem impacto algum no funcionamento do setor empresarial. O câmbio oficial será mantido" para as empresas mistas, estatais e outras operações financeiras, afirmou.

lp-rd/yow/lb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos