Mercado abrirá em 1 h 27 min
  • BOVESPA

    108.013,47
    +1.345,81 (+1,26%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.823,23
    -408,97 (-0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,79
    -0,17 (-0,20%)
     
  • OURO

    1.839,50
    -3,70 (-0,20%)
     
  • BTC-USD

    42.120,59
    +604,78 (+1,46%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.000,17
    +5,43 (+0,55%)
     
  • S&P500

    4.532,76
    -44,35 (-0,97%)
     
  • DOW JONES

    35.028,65
    -339,82 (-0,96%)
     
  • FTSE

    7.577,04
    -12,62 (-0,17%)
     
  • HANG SENG

    24.952,35
    +824,50 (+3,42%)
     
  • NIKKEI

    27.772,93
    +305,70 (+1,11%)
     
  • NASDAQ

    15.136,75
    +103,25 (+0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2107
    +0,0433 (+0,70%)
     

Governo chinês multa "rainha das lives" em mais de R$ 1,2 bilhão

·2 min de leitura
Uma grande vendedora de livestreaming, Viya, foi multada em mais de R$ 1.2 bilhões pelo governo chinês por sonegação de impostos (REUTERS/Florence Lo)
Uma grande vendedora de livestreaming, Viya, foi multada em mais de R$ 1.2 bilhões pelo governo chinês por sonegação de impostos (REUTERS/Florence Lo)
  • Multa recorde faz parte dos planos do governo chinês visando uma prosperidade comum

  • Em setembro, autoridades anunciaram regras mais duras para celebridades e lives

  • Jack Ma, fundador do site Alibaba e bilionário chinês, também entrou em conflito com o governo

De acordo com um relatório da AFP (Agence France Presse), o governo chinês não medirá esforços para reduzir a desigualdade econômica e reduzir a renda excessiva em entretenimento e tecnologia. Através da autoridade do presidente Xi Jinping, diversas iniciativas já estão sendo tomadas para uma ampla "prosperidade comum". Dentre elas, a multa que chamou a atenção de toda a mídia no país, direcionada a uma das grandes estrelas chinesas: a "rainha do livestreaming" Huang Wei, mais vendida no site Alibaba com o nome de usuário Viya.

“Se ela puder pagar impostos, multas e multas por atraso no prazo prescrito, ela não será considerada criminalmente responsável”, disse o órgão tributário do governo em um comunicado. Segundo informações, Viya era uma "sonegadora" de impostos que não divulgou sua receita de suas transmissões entre 2019 e 2020. E que, por conta disso, a estrela da mídia social foi condenada a pagar um recorde de R$ 1.2 bilhões (cerca de US$ 210 milhões) por sonegação de impostos.

Leia também:

Não foi uma ação isolada

Apesar do alto valor, a multa em si não foi uma ação isolada do presidente chinês. No último mês, outros dois influenciadores foram multados em pouco mais de R$ 80 milhões (US$ 14 mi) pelas autoridades fiscais. A própria Viya já havia sofrido com isso em junho, por violar as leis de propaganda por supostamente vender produtos falsificados, de acordo com o relatório, sendo multada na ocasião em R$ 467 mil (US$ 83 mil). É importante lembrar que, em setembro, tais autoridades anunciaram regras mais duras para celebridades e transmissões ao vivo, de acordo com a Bloomberg.

Conflitos com o governo

Além dos influenciadores, até mesmo o fundador do site Alibaba e bilionário chinês Jack Ma entrou em conflito com o governo em 2020, quando criticou o ambiente regulatório na China e sumiu da vista do público por um período de tempo. Ele foi visto pela primeira vez fora da China em um iate particular em Maiorca em outubro, de acordo com reportagens da imprensa.

Coincidência ou não, alguns dos influenciadores que foram multados não podem mais ser encontrados no Taobao.com, o site de comércio eletrônico do Alibaba, de acordo com reportagens da imprensa local. Viya, por sua vez, se desculpou por suas ações: “aceito totalmente a punição feita pelo departamento de impostos”, disse ela em um comunicado, “e arrecadarei dinheiro ativamente para pagar [a multa] em dia”. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos