Mercado abrirá em 1 h 29 min
  • BOVESPA

    120.700,67
    +405,99 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.514,10
    +184,26 (+0,38%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,53
    +0,07 (+0,11%)
     
  • OURO

    1.777,40
    +10,60 (+0,60%)
     
  • BTC-USD

    60.647,30
    -1.962,43 (-3,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.346,68
    -34,27 (-2,48%)
     
  • S&P500

    4.170,42
    +45,76 (+1,11%)
     
  • DOW JONES

    34.035,99
    +305,10 (+0,90%)
     
  • FTSE

    7.015,82
    +32,32 (+0,46%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.020,75
    +6,75 (+0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7272
    +0,0061 (+0,09%)
     

Governo central tem déficit primário de R$21,2 bi em fevereiro

·1 minuto de leitura
REUTERS/Bruno Domingos

BRASÍLIA (Reuters) - O governo central, composto por Tesouro Nacional, Banco Central e Previdência Social, registrou um déficit primário de 21,217 bilhões de reais em fevereiro, divulgou o Tesouro nesta terça-feira.

O dado veio melhor que a projeção de analistas de um déficit de 26,5 bilhões de reais, segundo pesquisa Reuters.

No acumulado do ano, o governo central acumula superávit de 22,356 bilhões de reais, já que, em janeiro, registrou um superávit primário de 43,2 bilhões de reais.

O resultado primário do governo central acumulado em 12 meses até fevereiro foi de déficit de 776,8 bilhões de reais, equivalente a 9,9% do PIB.

Em fevereiro de 2020, quando a economia do país ainda não havia sido impactada pela pandemia do coronavírus, o governo central registrou déficit primário de 25,858 bilhões de reais.

(Por Gabriel Ponte)