Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,17 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,14 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,23
    -2,65 (-3,49%)
     
  • OURO

    1.865,90
    -50,40 (-2,63%)
     
  • BTC-USD

    23.371,96
    -159,30 (-0,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,42
    -1,43 (-0,27%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,93 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.616,50
    -230,25 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5385
    +0,0488 (+0,89%)
     

Governo autoriza reajuste de 9,55% nas tarifas dos Correios

*ARQUIVO* SÃO PAULO - SP - 23.04.2013 - Fachada de loja dos Correios. (Foto: Danilo Verpa/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO - SP - 23.04.2013 - Fachada de loja dos Correios. (Foto: Danilo Verpa/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O Ministério das Comunicações aprovou nesta terça-feira (26) reajuste de 9,5579% nas tarifas de serviços postais e telegráficos nacionais e internacionais prestados pelos Correios.

O reajuste não se aplica aos serviços de encomendas, como PAC e Sedex, e marketing direto.

As novas tarifas passam a valer em 2 de maio. A portaria foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União.

O texto afirma que o reajuste corresponde à variação do IPCA (índice oficial de inflação do país) no período janeiro-dezembro de 2021, descontando o fator de produtividade.

Em maio de 2021 o governo aprovou reajuste de 4,2915% sobre os mesmos serviços.

Com o percentual divulgado nesta terça-feira, a tarifa para envio de carta social acima de 450 gramas e até 500 gramas vai de R$ 11,45 para R$ 12,55, por exemplo.

Já o serviço de telegrama pela internet vai a R$ 9,76. O valor anterior era R$ 8,90.