Mercado fechado

Governo de Alagoas derruba liminar que impedia leilão de saneamento

Taís Hirata
·1 minuto de leitura

Com isso, a concorrência ocorre na sede da B3 Jiri Rotrekl/Pixabay O governo de Alagoas conseguiu reverter, na manhã desta quarta-feira, a liminar que suspendia o leilão de saneamento da região metropolitana de Maceió. Com isso, o leilão pode ser aberto às 10 horas na B3, em São Paulo. Ontem, uma desembargadora do Tribunal de Justiça do Estado havia determinado a suspensão do leilão. Hoje, o presidente do mesmo tribunal, Tutmés Airan de Albuquerque Melo, reverteu a cautelar, abrindo caminho para a realização da concorrência. Está em jogo um contrato de 35 anos para a operação de água e esgoto em 13 municípios da região metropolitana de Maceió. Ao todo, serão realizados R$ 2,6 bilhões de investimentos para a universalização dos serviços. O novo operador será responsável pelos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário em 13 municípios da região metropolitana de Maceió, que soma cerca de 1,5 milhão de habitantes. A companhia terá que universalizar os serviços de água em um prazo de seis anos.