Mercado abrirá em 6 h 15 min

Governador do PR discutirá vendas de ativos no estado com CEO da Petrobras

Rodrigo Polito

Estatal anunciou a venda de fábrica de fertilizantes e refinaria no Paraná Em meio aos processos de privatização da refinaria Getúlio Vargas (Repar) e da desativação da fábrica de fertilizantes Ansa, em Araucária (PR), o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, tem reunião prevista com o governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Júnior (PSD), na próxima quinta-feira. O encontro, informado pela agência de notícia do governo do Paraná está marcado para ocorrer no escritório da petroleira, no Rio.

Em reunião realizada com parte da bancada de deputados federais do Paraná nesta segunda-feira, o governador disse que buscará alternativas para o encerramento das atividades da fábrica de fertilizantes e levantar mais informações em relação aos efeitos da privatização da refinaria paranaense.

“Entendemos que privatizar é algo do mercado, mas vamos buscar o maior número de informação possível para que a população não seja prejudicada”, disse Ratinho Júnior, em reunião com os parlamentares, segundo a agência de notícias do governo paranaense.

A Repar integra o primeiro pacote de quatro refinarias que integram o plano de desinvestimentos da Petrobras. A estimativa da petroleira é receber em março as propostas dos interessados dentro da etapa de ofertas vinculantes para a venda dos empreendimentos.

Com relação à Ansa, a Petrobras entendeu que a manutenção da operação da unidade não tem sustentabilidade econômico-financeira.

Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), no Paraná, deve ser colocada à venda pela estatal

Agência Petrobras