Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,05 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,35 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +2,45 (+3,84%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -2,50 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    49.672,12
    +967,13 (+1,99%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,16 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,51 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    +197,50 (+1,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7780
    -0,0079 (-0,12%)
     

Governador em exercício do Rio diz que Pazuello ficou de definir entrega de vacinas até terça-feira

André Coelho
·2 minuto de leitura

Inicialmente previstas para serem entregues neste domingo, com início da imunização na quarta-feira, as vacinas contra a Covid-19 não têm mais previsão de chegada, e o Ministério da Saúde só deve ter uma posição sobre a distribuição dos imunizantes na próxima terça-feira. A informação foi divulgada pelo governador em exercício do Rio, Cláudio Castro, que conversou com o ministro da Saúde Eduardo Pazuello na noite da última sexta-feira.

Segundo Castro, o problema na exportação das vacinas pela Índia e na saída do voo que buscaria o imunizante produzido pela farmacêutica AstraZeneca teria sido o motivo do atraso:

— Ontem a noite eu falei com o ministro Pazuello sobre essa questão da vacina, e ele falou que até terça feira ele já tem uma posição oficial de quando chega. Tem essa questão do avião sair da Índia para chegar aqui, o lote também do Butantan para chegar. Ele falou que na segunda, no máximo na terça-feira, tem essa posição de quando chega e qual a quantidade de cada estado — disse Castro.

O governador participou na manhã deste sábado do início da distribuição de seringas compradas pelo estado para serem usadas nos municípios. Ao todo, 27 cidades, entre elas a capital, vão receber seringas e agulhas já neste sábado, num total de 3.4 milhões de unidades. Segundo o governo, até a terça-feira (19) todos os 92 municípios vão receber um total de 5,5 milhões de seringas compradas pelo estado.

Castro afirmou que o estado estará totalmente preparado para iniciar a vacinação assim que as primeiras doses de imunizantes forem entregues pelo Governo Federal. Ele disse que todos os helicópteros do estado estão de prontidão para fazer o transporte.

— Em no máximo 12 horas depois de recebermos as doses elas estarão distribuídas aos municípios — garantiu.