Mercado abrirá em 5 h 34 min
  • BOVESPA

    122.515,74
    +714,95 (+0,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.869,48
    +1,16 (+0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,10
    -0,16 (-0,22%)
     
  • OURO

    1.812,90
    -9,30 (-0,51%)
     
  • BTC-USD

    38.509,62
    -1.719,72 (-4,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    934,71
    -26,18 (-2,72%)
     
  • S&P500

    4.387,16
    -8,10 (-0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.838,16
    -97,31 (-0,28%)
     
  • FTSE

    7.088,85
    +7,13 (+0,10%)
     
  • HANG SENG

    26.148,22
    -87,58 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.641,83
    -139,19 (-0,50%)
     
  • NASDAQ

    14.982,75
    +30,00 (+0,20%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1192
    -0,0249 (-0,41%)
     

Google vai encerrar suporte ao Play Services Android 4.1 e 4.3

·2 minuto de leitura
Google vai encerrar suporte ao Play Services Android 4.1 e 4.3
Google vai encerrar suporte ao Play Services Android 4.1 e 4.3

O Google anunciou nesta quinta-feira (22) que versões do Android entre a 4.1 e 4.3 (inclusive), conhecidas pelo codinome “Jelly Bean”, vão deixar de ser suportadas pelo Google Play Services a partir de agosto deste ano, mais especificamente na versão 21.30.99.

O Play Services é um software que implementa muitas funções das quais a Play Store e serviços como o Maps, Drive, Play Games e Google Cast, só para citar alguns, dependem para funcionar.

Ao contrário das atualizações de sistema operacional (como um pulo do Android 10 para o Android 11), que dependem do fabricante do aparelho, atualizações do Play Services são controladas pelo Google, são instaladas em segundo plano via Play Store e estão disponíveis para quaisquer aparelhos rodando uma versão suportada do Android.

Leia mais:

Segundo o Google o Jelly Bean, lançado em junho de 2012, roda em menos de 1% dos smartphones Android atualmente em uso. Ou seja, o impacto desta mudança na população total de usuários será mínimo.

Mesmo que você ainda esteja usando um smartphone com o Jelly Bean, ele continuará funcionando por um tempo. Mas gradualmente serviços e apps que dependem de versões mais novas do Play Services deixarão de funcionar e não poderão ser mais atualizados, incluindo a própria Play Store. Ou seja, aos poucos seu smartphone se tornará menos útil.

A única opção para quem ainda usa um smartphone com o Android 4.1 ou 4.3 é uma atualização para uma versão mais recente do sistema operacional, como a 4.4 “KitKat”. Se o fabricante não tiver disponibilizado uma, a solução é trocar de aparelho.

Aparelhos rodando o Android 12
O Android 12 terá uma nova “cara”, graças a uma atualização da linguagem visual Material Design. Imagem: Google

O Android 12 vem aí

A versão mais recente do Android é a 11, mas o Android 12 já está em desenvolvimento. Apresentado em mais detalhes durate o evento Google I/O 2021, em maio deste ano, o sistema tem como principal destaque uma nova aparência, graças a uma versão atualizada da linguagem visual Material Design.

O Android 12 deve ser lançado oficialmente em setembro deste ano, mas usuários mais destemidos e desenvolvedores já podem instalar a segunda versão beta do sistema em aparelhos suportados, que incluem todos os Pixel desde o Pixel 3 e alguns modelos de fabricantes como a ASUS, OnePlus, Oppo, realme, Sharp, Tecno, TCL, Vivo, Xiaomi e ZTE.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos