Mercado abrirá em 9 h 29 min
  • BOVESPA

    106.363,10
    -56,43 (-0,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.714,60
    -491,99 (-0,94%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,84
    -1,82 (-2,20%)
     
  • OURO

    1.801,40
    +2,60 (+0,14%)
     
  • BTC-USD

    58.724,40
    -1.866,71 (-3,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.408,04
    -66,29 (-4,50%)
     
  • S&P500

    4.551,68
    -23,11 (-0,51%)
     
  • DOW JONES

    35.490,69
    -266,19 (-0,74%)
     
  • FTSE

    7.253,27
    -24,35 (-0,33%)
     
  • HANG SENG

    25.668,94
    +40,20 (+0,16%)
     
  • NIKKEI

    28.821,68
    -276,56 (-0,95%)
     
  • NASDAQ

    15.611,00
    +23,75 (+0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4203
    -0,0044 (-0,07%)
     

Google tem uma péssima notícia para quem ainda usa o Internet Explorer 11

·2 minuto de leitura

A partir de hoje (4), a pesquisa do Google não oferece mais suporte oficial ao falecido Internet Explorer 11, o que pode ser mais uma pá de cal no processo de descontinuidade do navegador da Microsoft. Em seu lugar, a empresa recomenda o uso do Edge, mais moderno e compatível com todas as tecnologias atuais.

Quem usa o Windows 7 ou 8 ainda pode estar com o IE 11 como navegador padrão, por isso essa notícia pode impactar muita gente. Os desenvolvedores do buscador do Google entenderam que o custo financeiro de manter o suporte para o antigo software da Microsoft não é mais conveniente. A informação foi anunciada pelo desenvolvedor Malte Ubl, via Twitter.

Esse anúncio não significa que o navegador simplesmente vai travar ao abrir a pesquisa ou impedir a exibição dos resultados. Em vez disso, essas pessoas apenas terão uma experiência mais simplista, sem todos os recursos que o Google adiciona regularmente, o que deve ter impacto na qualidade da informação exibida.

Se por alguma razão não for possível migrar para Edge, Chrome ou Firefox, você poderá continuar usando a busca, mas ciente das limitações. Veja como tudo será mais simplificado:

O Microsoft Edge possui um "Modo Internet Explorer" que permite compatibilidade com aplicativos que só rodem no navegador antigo. Então, a principal razão para trocar de navegador seria apenas por comodismo ou impedimentos burocráticos, no caso empresarial.

IE vai acabar (finalmente)

O Internet Explorer 11 foi lançado em 2013 e integrava o pacote do Windows 8.1. Embora ele também tenha sido compatível com o Windows 7, marcou o fim de uma era de navegadores da Microsoft para dar lugar ao programa baseado no Chromium, a partir do Windows 10 em 2015. Segundo a StatCounter, o navegador tem menos de 1% de participação no mercado de apps para desktop em setembro de 2021 — em menos do que os 67% do Chrome.

Vale lembrar que o pacote do Google Workspace, como o Docs, o Gmail e o Meet, não funcionam mais corretamente no IE. Resta saber se o fim do suporte à pesquisa do Google, a mais popular do mundo, fará com que empresas e desenvolvedores tomem a decisão de deixar o Internet Explorer 11 de lado e finalmente o dê um descanso merecido.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos