Mercado fechará em 3 h 44 min
  • BOVESPA

    100.620,45
    -143,15 (-0,14%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.054,08
    -240,75 (-0,50%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,81
    +1,24 (+1,13%)
     
  • OURO

    1.822,30
    -2,50 (-0,14%)
     
  • BTC-USD

    20.675,32
    -40,27 (-0,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    450,05
    -0,01 (-0,00%)
     
  • S&P500

    3.853,41
    -46,70 (-1,20%)
     
  • DOW JONES

    31.213,08
    -225,18 (-0,72%)
     
  • FTSE

    7.323,41
    +65,09 (+0,90%)
     
  • HANG SENG

    22.418,97
    +189,45 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    27.049,47
    +178,20 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    11.774,25
    -266,25 (-2,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5330
    -0,0111 (-0,20%)
     

Google provoca Apple por falta de suporte às "novas mensagens de texto" no iOS

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Google decidiu usar o perfil oficial do Android para dar uma cutucada na rival Apple pela falta de suporte ao padrão recente de mensagens de texto. Em um vídeo de tela preta, um texto bem-humorado aparece na tela sobre o ritmo da nova música de Drake Texts Go Green.

O perfil no Twitter colocou na legenda que a canção teria sido "recebida de maneira diferente", por isso a necessidade de um "vídeo explicativo com a letra não oficial". O material de 40 segundos diz que a música de Drake seria sobre o usuário do iPhone que tenta enviar uma mensagem de texto para quem não possui um aparelho igual.

A referência é uma brincadeira com o iMessage, que permite a troca de mensagens sem cobrança de taxa entre dispositivos da Apple apenas. Quando é feito o envio de mensagens entre um celular da Maçã e outro do sistema do Google, a mensagem muda da cor azul para a verde, um indicativo de que ali se usa a tecnologia de SMS/MMS.

Por essa diferença de cores foi criado o termo Green Bubbles (bolhas verdes, em português), o que é visto de modo pejorativo por fazer uma distinção entre usuários. Como a música de Drake fala de "textos verdes", o Google fez essa associação em tom jocoso, embora o conteúdo não tenha nada a ver com a rixa.

O Android brinca que a rival poderia colocar apenas uma "equipe de engenharia super talentosa" para resolver isso. Na verdade, o problema a ser corrigido pela Apple seria adotar o RCS como linguagem oficial, o que tornaria as mensagens compatíveis com várias plataformas.

Substituto do SMS

Não é de hoje que o Google pede que a Apple adote o RCS para integrar mensagens entre iOS e Android. A Maçã não parece interessada nisto, porque perderia a exclusividade do seu serviço de mensagens — apontado por analistas como uma das artimanhas para manter as pessoas "presas" no ecossistema da companhia.

O RCS tem um comportamento similar aos programas de mensagens, por isso o Google quer implantá-lo também no iOS (Imagem: Reprodução/Google)
O RCS tem um comportamento similar aos programas de mensagens, por isso o Google quer implantá-lo também no iOS (Imagem: Reprodução/Google)

Esse não é um problema tão evidente no Brasil, porque a proporção de usuários Android é muito maior que donos de iPhone. Prova disto é que o mensageiro mais usado por essas bandas é o WhatsApp, diferentemente dos Estados Unidos, em que as pessoas utilizam as mensagens do próprio celular.

Apontado como o sucessor das mensagens de SMS, o protocolo RCS se destaca por oferecer muito mais opções do que o mero envio de textos — e já conta com 500 milhões de usuários do aplicativo Mensagens. O padrão permite enviar mensagens com mais de 160 caracteres, documentos, áudios, vídeos, imagens, ver status de digitação e criação de grupos, de modo similar ao que os mensageiros populares fazem.

Por outro lado, o RCS é criticado por não ter criptografia de ponta a ponta nem suporte para troca de mensagens entre plataformas diferentes, como desktops ou notebooks. Essa falta de integração talvez seja um dos fatores que mais pese para a adoção integral do RCS como linguagem oficial dos "torpedos".

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos