Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.789,33
    +556,59 (+0,51%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,03
    +900,05 (+1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    113,67
    +1,27 (+1,13%)
     
  • OURO

    1.811,80
    -7,10 (-0,39%)
     
  • BTC-USD

    30.465,81
    +605,03 (+2,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    677,94
    +435,26 (+179,36%)
     
  • S&P500

    4.088,85
    +80,84 (+2,02%)
     
  • DOW JONES

    32.654,59
    +431,17 (+1,34%)
     
  • FTSE

    7.518,35
    +53,55 (+0,72%)
     
  • HANG SENG

    20.602,52
    +652,31 (+3,27%)
     
  • NIKKEI

    26.659,75
    +112,70 (+0,42%)
     
  • NASDAQ

    12.556,25
    -4,00 (-0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2115
    +0,0011 (+0,02%)
     

Google pretende remover apps que gravam ligações

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
BRAZIL - 2022/04/21: In this photo illustration the Google Pay logo seen in the background of a silhouetted woman holding a mobile phone. (Photo Illustration by Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
Medida passa valer em maio (Photo Illustration by Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
  • A data para a mudança entrar em vigor é em 11 de maio

  • Atualização foi feita na política da Google

  • Medida é feita quando a pessoa não tem conhecimento da gravação

Uma ferramenta muito comum nos aparelhos de celulares do Android, pode chegar ao fim. O Google pretender encerrar ferramentas de gravar ligações de terceiros. vai dar um fim aos apps que realizam esta função a partir do próximo mês. É o que aponta uma atualização na política da Google Play Store revelada nesta quarta-feira (20).

A informação divulgada pela empresa diz que "a API de acessibilidade não foi projetada e não pode ser solicitada para gravação de áudio de chamadas remotas". Ou seja, os apps que utilizam esse recurso não serão mais permitidos.

A data para a mudança entrar em vigor é em 11 de maio. Segundo o Portal IG, a atualização na política é destinada somente a aplicativos de terceiros – ou seja, soluções nativas não serão afetadas. O líder de operações de conteúdo Moun Choi deu explicações sobre esta alteração em um evento para desenvolvedores.

A medida se refere à "gravação de áudio da chamada onde a pessoa do outro lado não sabe que a gravação está ocorrendo". Mas, "se o aplicativo for o discador padrão no telefone e também for pré-carregado", o recurso de acessibilidade para acessar o áudio da ligação não será necessário. Ou seja, a não vai violar a nova política.

Ruim para o consumidor

No Reddit, usuários criticam a decisão arbitrária do Google em limitar a gravação de chamadas somente aos apps próprios. "Acho que a abordagem de proibição total em nome da privacidade do usuário não é boa para o consumidor. A gravação de chamadas é uma necessidade válida para muitas pessoas e empresas", disse um usuário em post.

O Android permite o sideloading — isto é, instalação de aplicativos fora da loja do Google —, então não será impossível baixar e instalar aplicativos de gravação no celular. Contudo, isso expõe o usuários a riscos de um download de fontes externas, principalmente quando a restrição da loja é conhecida por criminosos.

Uma solução interessante, mas ausente desde o Android 11, era o aviso sonoro de início de gravação. Na mesma publicação do Reddit, o usuário relembra que o Android 11 experimental emitia um "beep" assim que a ligação começava a ser gravada, mas o recurso não foi mantido na versão final do SO.

Fonte: Canaltech

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos