Mercado fechará em 3 h 59 min
  • BOVESPA

    103.431,06
    +1.515,61 (+1,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.388,70
    +689,98 (+1,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,90
    +1,72 (+2,60%)
     
  • OURO

    1.789,90
    +13,40 (+0,75%)
     
  • BTC-USD

    58.594,59
    +164,51 (+0,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.495,80
    +26,72 (+1,82%)
     
  • S&P500

    4.627,82
    +60,82 (+1,33%)
     
  • DOW JONES

    34.802,75
    +319,03 (+0,93%)
     
  • FTSE

    7.128,22
    +68,77 (+0,97%)
     
  • HANG SENG

    23.658,92
    +183,66 (+0,78%)
     
  • NIKKEI

    27.935,62
    +113,86 (+0,41%)
     
  • NASDAQ

    16.305,25
    +154,75 (+0,96%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3774
    +0,0074 (+0,12%)
     

Google pode ter desistido de lançar o Pixel Fold

·3 min de leitura

O Google poderá cancelar a apresentação do seu primeiro celular dobrável, o Pixel Fold. De acordo com o conhecido leaker Ross Young, a marca já teria até retirado a encomenda de vários componentes do aparelho.

Google teria cancelado Pixel Fold por causa da alta concorrência (Imagem: LetsGoDigital)
Google teria cancelado Pixel Fold por causa da alta concorrência (Imagem: LetsGoDigital)

Segundo fontes internas, o motivo principal da desistência está relacionado com a alta competitividade do mercado. Apesar de a variedade de dispositivos dobráveis não ser tão grande no planeta, as marcas que já trabalham com esse formato possuem mais presença e experiência, a ponto de complicar as vendas do Pixel Fold.

A avaliação da companhia indica que, nos Estados Unidos e Europa, a disputa com a Samsung e seus aparelhos Galaxy Z Fold 3 e Galaxy Z Flip 3 seria muito difícil por conta do alto custo de produção em comparação com seus concorrentes, além da previsão do alcance de uma pequena fatia do mercado. A companhia sul-coreana já disponibiliza seus celulares dobráveis desde 2019.

Já no mercado asiático, a competição aconteceria contra marcas como Oppo, Vivo Mobile, Xiaomi, Huawei e Honor. Cada uma das empresas possui índices de popularidade consideravelmente maiores do que o Google, e não seria diferente no mercado de celulares dobráveis, de acordo com Ross Young.

Aparelho teria visual similar ao Pixel 6 Pro na tampa traseira (Imagem: LetsGoDigital)
Aparelho teria visual similar ao Pixel 6 Pro na tampa traseira (Imagem: LetsGoDigital)

Com essa possível desistência, a previsão do analista para a quantidade de dobráveis disponíveis neste ano diminuiu de 10,4 milhões para 9,9 milhões — alguns atrasos na produção de dispositivos do tipo por parte de companhias chinesas também causaram a redução da estimativa. Por outro lado, a expectativa de montagem dos modelos Galaxy Z Fold 3 e Z Flip 3 deve ser excedida em 3% em 2021, com uma possibilidade de crescimento de até 100% para o ano que vem, em um total de 21 milhões de unidades produzidas.

Rumores relacionados ao Pixel Fold apontavam para um aparelho com dobra no eixo vertical (também conhecido como o formato de livro), com tampa traseira similar ao Pixel 6 Pro e uma tela externa rígida, assim como acontece no Galaxy Z Fold 3, Mi Mix Fold e Mate X2. O desenvolvimento do Android 12L — versão do sistema operacional voltada para produtos com telas maiores — deverá continuar normalmente, mas ainda não há uma previsão de data para o seu lançamento oficial.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos