Mercado abrirá em 2 h 34 min
  • BOVESPA

    114.428,18
    -219,81 (-0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.686,03
    -112,35 (-0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,42
    +0,98 (+1,19%)
     
  • OURO

    1.781,50
    +15,80 (+0,89%)
     
  • BTC-USD

    62.018,20
    +167,52 (+0,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.447,56
    -4,08 (-0,28%)
     
  • S&P500

    4.486,46
    +15,09 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    35.258,61
    -36,15 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.206,07
    +2,24 (+0,03%)
     
  • HANG SENG

    25.787,21
    +377,46 (+1,49%)
     
  • NIKKEI

    29.215,52
    +190,06 (+0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.325,00
    +34,50 (+0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4123
    +0,0208 (+0,33%)
     

Google pode manter suporte ao Pixel 6 até o Android 16

·3 minuto de leitura

Mesmo com o anúncio antecipado, o Google não conseguiu manter os detalhes do Pixel 6 em segredo, e uma extensa lista de vazamentos sobre o aparelho e sua variante Pro foi divulgada na última semana. Os materiais publicados já confirmaram os avanços do chip Tensor, reforçaram as melhorias que o processamento dedicado de IA deve trazer às câmeras e sugeriram enormes ganhos na autonomia.

Agora, um novo rumor publicado nesta semana sugere que a gigante das buscas deve tornar a nova família de dispositivos ainda mais competitiva com os iPhones, ao oferecer suporte prolongado por período inédito entre as grandes fabricantes do mundo Android.

Pixel 6 pode receber updates até o Android 16

Segundo informações divulgadas pelo leaker Snoopy, que apresenta bom histórico recente de vazamentos, com acertos como a existência do Galaxy A52s, o Google deve oferecer 4 anos de grandes updates para a família Pixel 6, e 5 anos de atualizações de segurança. Com isso, os aparelhos podem chegar ao Android 16, tornando-se os modelos Android com maior tempo de suporte do mercado.

O rumor tem forte embasamento quando consideramos que o vazamento mais recente dos celulares, composto de materiais oficiais publicados na varejista Carpool Warehouse, já havia revelado que o Pixel 6 contaria com suporte de 5 anos de updates de segurança. O período implicava que grandes atualizações poderiam se estender por ao menos 3 anos.

Até o momento, poucas fabricantes de smartphones que utilizam o sistema do Google haviam se comprometido em suportar os dispositivos por tanto tempo. Entre as gigantes, a Samsung é uma das únicas a oferecer um plano 3 + 4, com 3 grandes updates e 4 anos de correções de segurança. Já entre as menores, a Fairphone se destaca por já ter suportado o Fairphone 3 por 5 anos, e se comprometer recentemente a levar o Fairphone 4 até o Android 15.

Campeã de suporte no Android, a Fairphone já sugeriu que a Qualcomm é a principal responsável pelo curto período de updates dos aparelhos (Imagem: Fairphone)
Campeã de suporte no Android, a Fairphone já sugeriu que a Qualcomm é a principal responsável pelo curto período de updates dos aparelhos (Imagem: Fairphone)

Caso se comprove, a notícia tem múltiplas implicações: além de bastante positiva, por incentivar fabricantes parceiras a seguirem planos de suporte parecidos, a situação reforça os relatos da própria Fairphone de que a Qualcomm seria uma das principais responsáveis pelo curto período de updates oferecido atualmente — com o Google implementando o próprio chip, a suposta barreira dos processadores Snapdragon teria sido superada.

Novo celular do Google estreia na próxima semana

Com lançamento marcado para 19 de outubro, o Pixel 6 e o Pixel 6 Pro prometem renovar a família de celulares do Google, oferecendo melhorias significativas em múltiplos departamentos. Os aprimoramentos começam no design, mais refinado, munido de metal e painéis de vidro Gorilla Glass Victus, com cores e acabamento diferenciados e enorme módulo de câmeras.

Com Android 12 e chip Google Tensor, o Pixel 6 promete uma experiência única que "se adapta" ao usuário (Imagem: Twitter/@evleaks)
Com Android 12 e chip Google Tensor, o Pixel 6 promete uma experiência única que "se adapta" ao usuário (Imagem: Twitter/@evleaks)

Internamente, os telefones adotam o novo chip Google Tensor, focado em IA e privacidade diante da presença de uma Tensor Processing Unit (TPU) e do chip Titan M2, que parece oferecer desempenho competitivo com o Snapdragon 888 e Exynos 2100 enquanto eleva a autonomia de maneira significativa. Além disso, as câmeras tiveram os sensores atualizados, aumentando a resolução máxima para 50 MP.

Ponto forte da gigante das buscas, o software será outro dos destaques — liderado pelo Android 12, com design customizável Material You, o sistema promete "se adaptar" ao usuário usando IA e deve garantir uma experiência de uso de alta fluidez, bem como elevada qualidade das câmeras, mesmo durante gravação de vídeos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos