Mercado abrirá em 3 h 57 min

Google Play terá várias novidades para facilitar fidelização de usuários

Rubens Eishima

O Google anunciou uma série de medidas para ajudar os desenvolvedores de apps a conquistar e reter assinantes em seus serviços. Entre as novidades apresentadas estão novas opções para códigos promocionais, lembretes de recursos para assinantes e um processo simplificado para voltar a assinar um serviço em aplicativos.

O pacote faz parte da nova biblioteca de pagamentos do Google Play, que já está disponível para criadores de apps. A “Google Play Billing Library” permite ainda vender assinaturas ou itens fora do aplicativo, por exemplo, no site do produto. As mudanças já podem ser integradas aos apps e são independentes da versão do Android.

Códigos promocionais poderão ser oferecidos em cartões físicos para resgate na Play Store (imagem: Google)

Além dos códigos com sequências aleatórias, o Google informou que oferecerá aos desenvolvedores a opção de criar códigos personalizados. A ideia, segundo a empresa, é que eles possam ser usados em publicações nas redes sociais ou em propagandas, alcançando vários clientes de uma só vez.

Retenção e resgate

Para usuários que solicitaram o cancelamento de uma assinatura, o Google permitirá que os criadores de apps listem quatro vantagens para manter o serviço. A lista será exibida na etapa final do processo de fechamento da assinatura e tudo isso, claro, apenas para serviços que usam o sistema de cobranças do Google Play.

Apps poderão listar vantagens na tela de cancelamento e opção para reativar a assinatura (imagem: Google)

Outra novidade anunciada pela empresa é que a central de assinaturas do Google Play listará serviços cancelados ou que tiveram problemas de pagamento. A tela permitirá que o usuário recontrate o plano em poucos passos.

Reduções de preço automáticas

Uma novidade bem-vinda para usuários finais é que o Google não irá mais pedir a confirmação para aceitar uma redução de preço no app. Pode parecer meio óbvio, mas a atualização do Google Play simplesmente notificará avisará o assinante de que o valor pago foi reduzido.

Outras configurações

Chegando na parte mais técnica e voltada para os criadores de apps, o novo sistema de pagamentos do Google Play também terá novos padrões para aplicativos. Os desenvolvedores terão que integrar opções para comportar assinaturas desabilitadas por problemas de pagamento (compra negada, por exemplo) e a restauração da assinatura.

Aplicativos que oferecem pagamentos recorrentes também terão dois recursos ativados por padrão a partir de novembro: a opção de permitir que o usuário pause a assinatura por até três meses e a possibilidade de reativação até 12 meses após um pagamento negado. Ambas poderão ser desabilitadas no painel específico para isso do app no Google Play.


Fonte: Canaltech