Mercado fechará em 6 h 57 min
  • BOVESPA

    109.951,49
    +2.121,77 (+1,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.125,01
    -210,50 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,57
    +0,10 (+0,13%)
     
  • OURO

    1.894,50
    +3,80 (+0,20%)
     
  • BTC-USD

    22.697,73
    -481,15 (-2,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    522,92
    -13,97 (-2,60%)
     
  • S&P500

    4.117,86
    -46,14 (-1,11%)
     
  • DOW JONES

    33.949,01
    -207,68 (-0,61%)
     
  • FTSE

    7.943,23
    +58,06 (+0,74%)
     
  • HANG SENG

    21.624,36
    +340,84 (+1,60%)
     
  • NIKKEI

    27.584,35
    -22,11 (-0,08%)
     
  • NASDAQ

    12.693,75
    +148,50 (+1,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5828
    +0,0154 (+0,28%)
     

Google Play Store poderá em breve diferenciar usuários reais de bots

A Google Play Store começou a implementar um recurso para diferenciar usuários reais de bots usados para inflar downloads ou executar atividades irregulares nos aplicativos. Esses robôs são normalmente comandados por pessoas interessadas em atacar um concorrente com notas negativas ou para alavancar a reputação de programas e jogos falsos.

A API Play Integrity foi anunciada na conferência Google I/O de 2022 como uma solução incrível para ajudar os devs. Mas até então não se tinha mais falado nela, especialmente pelo caráter técnico, um pouco mais distante do usuário comum.

Como o nome sugere, o recurso identifica tráfego potencialmente falso e dispositivos comprometidos acessando a Play Store. O algoritmo consegue identificar comportamentos estranhos baseados em alguns sinais como o alto volume de visitas ou o aumento repentino de avaliações.

O desenvolvedor conhecido como @linuxct encontrou um novo campo nessa API chamado AccountActivity. Ou seja: a ferramenta de segurança também vai monitorar a atividade da conta. Além disso, o perfil suspeito será enquadrado em uma das seis categorias:

  1. ACTIVITY_LEVEL_UNSPECIFIED;

  2. UNEVALUATED;

  3. UNUSUAL;

  4. UNKNOWN;

  5. TYPICAL_BASIC;

  6. TYPICAL_STRONG.

Atividade de contas na Play Store

Não dá para saber exatamente o que cada tag dessa significa, mas é possível supor se tratar de uma escala. O sistema será usado para marcar cada conta que faz o download daquele aplicativo da loja oficial do Android. A promessa é de tais dados serem compartilhados com os desenvolvedores, que poderão tomar medidas mais severas para barrar contas suspeitas.

Até hoje, o documento oficial da API não faz menção ao campo AccountActivity, portanto não se sabe se isto foi implementado recentemente ou se ainda está em fase de testes. Considerando que o Google tem trabalhado para dar mais notoriedade para a sua loja online, não seria surpresa se o monitoramento fosse novo.

O Google já havia permitido aos desenvolvedores que listassem as medidas de segurança e política de privacidade dos apps para dar mais tranquilidade para o usuário. Não há prazo de quando a API Play Integrity vai substituir a antiga SafetyNet — isso pode ocorrer somente a Google I/O deste ano, por exemplo.

Embora a ferramenta seja voltada para os criadores de apps, a medida é positiva para todos: usuários ganham uma plataforma mais transparente, desenvolvedores terão mais confiança para adotar medidas certeiras e o Android se tornará um sistema menos suscetível a manipulações.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: