Mercado fechará em 14 mins
  • BOVESPA

    121.701,78
    +995,88 (+0,83%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.194,20
    +364,89 (+0,75%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,41
    +1,59 (+2,49%)
     
  • OURO

    1.842,80
    +18,80 (+1,03%)
     
  • BTC-USD

    50.276,02
    +996,79 (+2,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.406,56
    +48,00 (+3,53%)
     
  • S&P500

    4.175,61
    +63,11 (+1,53%)
     
  • DOW JONES

    34.408,07
    +386,62 (+1,14%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.391,50
    +291,25 (+2,22%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3969
    -0,0156 (-0,24%)
     

Google Play atualiza mecanismos de busca de aplicativos

Gabriela Bulhões
·2 minuto de leitura
Google Play atualiza mecanismos de busca de aplicativos
Google Play atualiza mecanismos de busca de aplicativos

O Google Play foi lançado em 2008 e era fácil para qualquer desenvolvedor ser notado entre centenas de aplicativos e jogos que estavam disponíveis na Play Store. Atualmente, há milhões de aplicativos prontos para públicos consumir em mais de 190 países.

Com isso, os aplicativos exclusivos com imagens, vídeos, descrições e até o próprio nome são muito para os usuários tomam a decisão sobre o que baixar. Por isso o Google Play está cada vez mais mostrando seus ativos na frente e no centro, para trazer à tona os fatores gráficos e descrições na página inicial de aplicativos e jogos.

Para garantir que seus recursos de detalhes do app convençam os usuários a investir e experimentar o aplicativo, há algumas novidades:

  1. Mudança de política para metadados de aplicativos;

  2. Apresentando diretrizes sobre recursos de visualização da loja.

Alteração da política para aplicativos

Portanto, o título, ícone e nome do desenvolvedor do aplicativo que por caso não atenderem às políticas futuras não serão permitidos dentro do Google Play. O recomendado é esperar mais detalhes, incluindo datas de início de aplicação para se adaptar ainda este ano. Veja o foco da mudança:

  • Comprimento dos títulos de aplicativos limitados a 30 caracteres

  • Palavras-chave que impliquem desempenho da loja, promoção no ícone, título e nome do desenvolvedor limitadas

  • Elementos gráficos que podem enganar os usuários no ícone do aplicativo eliminados

Além disso, é importante revisar os exemplos do que fazer e também não fazer para evitar que essas mudanças afetem, de uma forma que consiga estar entre os aplicativos favoritos.

Novas diretrizes para visualização da loja do Google Play

Outra novidade são as novas diretrizes de recursos de visualização para a lista da loja, seja para: recursos gráficos, capturas de tela, vídeos ou descrições curtas.

Portanto, os recursos que não atendem às diretrizes podem se tornar não legíveis e ficar de fora das recomendações nas principais páginas do Google Play. Os princípios são:

  • Os recursos de visualização representam com precisão o aplicativo?

  • Os ativos de visualização oferecem informações para ajudar os usuários?

  • Os recursos de visualização estão livres de frases prontas como “grátis” ou “melhor”?

  • Os recursos estão localizados corretamente e fáceis de ler?

Se você quer que seus aplicativos sejam qualificados dentro do Google Play, então confira as novas diretrizes de detalhes do app . As medidas começam a valer a partir do segundo semestre de 2021.

Leia mais:

Fonte: Developers

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!