Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.716,00
    -2.354,48 (-2,06%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.395,94
    -928,98 (-2,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,43
    -4,06 (-4,86%)
     
  • OURO

    1.651,70
    -29,40 (-1,75%)
     
  • BTC-USD

    18.969,65
    -3,32 (-0,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    434,61
    -9,92 (-2,23%)
     
  • S&P500

    3.693,23
    -64,76 (-1,72%)
     
  • DOW JONES

    29.590,41
    -486,27 (-1,62%)
     
  • FTSE

    7.018,60
    -140,92 (-1,97%)
     
  • HANG SENG

    17.933,27
    -214,68 (-1,18%)
     
  • NIKKEI

    27.153,83
    -159,30 (-0,58%)
     
  • NASDAQ

    11.388,00
    -177,50 (-1,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0976
    +0,0649 (+1,29%)
     

Google Pixel Tablet pode ter tela de 11 polegadas e até 256 GB de armazenamento

O Google já afirmou em sua conferência I/O que voltará ao mercado de tablets em breve, com um modelo que fará parte da linha Pixel. De acordo com os rumores mais recentes, este produto já está em fases finais de desenvolvimento, e algumas possíveis características técnicas foram reforçadas.

Pixel Tablet já foi mostrado pelo Google (Imagem: Divulgação/Google)
Pixel Tablet já foi mostrado pelo Google (Imagem: Divulgação/Google)

O Pixel Tablet deve ter uma tela de 10,95 polegadas, tamanho semelhante ao iPad Pro mais compacto disponível no momento. Além disso, ele pode vir em versões com 128 GB ou 256 GB de armazenamento interno, espaço semelhante aos modelos iniciais do rival da Apple.

No mais, informações reveladas pelo portal 91Mobiles mostram que o tablet virá com uma caneta stylus desenvolvida pelo próprio Google, com suporte para o padrão USI 2.0. O sistema operacional do produto será o Android 13, em versão de 64-bit e voltada para telas maiores.

Google Pixel Tablet pode atuar em conjunto com Nest Hub

Produto já estaria em fases avançadas de desenvolvimento (Imagem: Divulgação/Google)
Produto já estaria em fases avançadas de desenvolvimento (Imagem: Divulgação/Google)

Ainda foi dito que o Pixel Tablet não teria componentes para GPS, ou sensores de proximidade e barômetro. Além disso, ele poderá vir sem processamento de “alta fidelidade”, mesmo que deva contar com o mesmo chip Tensor de primeira geração.

Estas características reforçam a possibilidade já indicada em notícias anteriores, de que o tablet funcionaria também como uma parte destacável de um novo Nest Hub. Desta forma, ele também mostraria aspectos de casa inteligente enquanto não está em uso, com suporte para conectividade Wi-Fi 6.

Fontes internas do Google teriam dito que o Pixel Tablet está em fase de testes de validação de engenharia (EVT, na sigla em inglês), e por isso a parte de design e hardware já estariam finalizadas. Algumas unidades foram enviadas até a Índia, para complementação do EVT.

Ainda não há uma data confirmada para o lançamento do Pixel Tablet, mas o Google indicou que ele chegará em 2023. Antes disso, a marca deve apresentar a linha Pixel 7 de smartphones e seu primeiro smartwatch, o Pixel Watch, no próximo dia 6 de outubro.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: