Mercado fechado
  • BOVESPA

    99.621,58
    -969,83 (-0,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.061,61
    -373,84 (-0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,37
    -0,41 (-0,37%)
     
  • OURO

    1.819,60
    +2,10 (+0,12%)
     
  • BTC-USD

    19.984,30
    -325,95 (-1,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    428,93
    -10,73 (-2,44%)
     
  • S&P500

    3.818,83
    -2,72 (-0,07%)
     
  • DOW JONES

    31.029,31
    +82,32 (+0,27%)
     
  • FTSE

    7.312,32
    -11,09 (-0,15%)
     
  • HANG SENG

    21.996,89
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    26.627,88
    -176,72 (-0,66%)
     
  • NASDAQ

    11.639,00
    -52,00 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4302
    +0,0196 (+0,36%)
     

Google Pixel 7 e 7 Pro podem ter mesmas telas dos atuais modelos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Embora o Google tenha revelado detalhes de design da linha Pixel 7 com pequenas mudanças no evento Google I/O 2022, a empresa evitou antecipar especificações dos modelos, mas um novo rumor sugere que a futura dupla de smartphones premium podem manter as mesmas telas da série Pixel 6.

Segundo o site XDA Developers, uma fonte informou que novos códigos descobertos no Android Open Source Project (AOSP) confirmam que o Google criou duas entradas para drivers de tela, uma para o Pixel 7 (de codinome C10) e outra para o Pixel 7 Pro (P10).

Pixel 7 e 7 Pro tiveram design confirmado durante Google I/O 2022, mas serão anunciados apenas em outubro (Imagem: Reprodução/Google)
Pixel 7 e 7 Pro tiveram design confirmado durante Google I/O 2022, mas serão anunciados apenas em outubro (Imagem: Reprodução/Google)

É dito que os códigos de tela seguem idênticos aos da série Pixel 6. Assim, esperamos que o Pixel 7 utilize a tela AMOLED de 6,4 polegadas, resolução Full HD e taxa de 90 Hz do Pixel 6, enquanto o Pixel 7 Pro apostaria em um display AMOLED de 6,71 polegadas, resolução Quad HD (2K) do tipo LTPO e taxa de atualização adaptativa de até 120 Hz com menor consumo de bateria.

Outras informações obtidas a partir dos códigos no AOSP mostram um terceiro display que pode ser uma variante mais recente relacionada à mesma família de telas, o que pode indicar mudanças mínimas no display do Pixel 7 Pro.

Entre estas mudanças estariam um “DDIC scaling”, permitindo alterar a resolução virtual do display para diferentes escalas da tela e, com isso, reduzir a resolução de 2K para Full HD com objetivo de diminuir consumo de bateria — algo similar ao que já é oferecido pela Samsung há algum tempo.

Mais detalhes relacionados aos futuros smartphones do Google devem surgir já nas próximas semanas conforme nos aproximamos do seu anúncio, que é esperado para outubro.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos