Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.676,25
    +28,26 (+0,02%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.670,34
    -128,04 (-0,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,39
    +0,11 (+0,13%)
     
  • OURO

    1.764,30
    -4,00 (-0,23%)
     
  • BTC-USD

    61.284,92
    +1.444,03 (+2,41%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.431,45
    -20,19 (-1,39%)
     
  • S&P500

    4.486,46
    +15,09 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    35.258,61
    -36,15 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.203,83
    -30,20 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    25.409,75
    +78,75 (+0,31%)
     
  • NIKKEI

    29.025,46
    +474,56 (+1,66%)
     
  • NASDAQ

    15.286,25
    +151,75 (+1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4069
    +0,0031 (+0,05%)
     

Google Pixel 6 já é exibido em loja física e tem novos detalhes da CPU vazados

·3 minuto de leitura

Com uma possível data de lançamento revelada por teasers, o Pixel 6 promete ser um dos maiores lançamentos do Google. O aparelho recebeu fortes investimentos em marketing, que levaram a empresa a ressuscitar a conta oficial da linha Nexus e até mesmo desenvolver uma batata chips própria, como forma de criar maior antecipação.

Agora, a novidade foi flagrada em uma unidade física da Google Store, exibindo seu design peculiar em maiores detalhes. Junto a isso, novos vazamentos podem ter trazido esclarecimentos acerca das configurações curiosas que a gigante das buscas deve empregar no Tensor, primeiro chipset para smartphones da companhia.

Pixel 6 é flagrado em unidade física da Google Store

Os usuários do Reddit ThisGuyRightHer3 e rami1190 flagraram os novos Pixel 6 e Pixel 6 Pro em vitrines da Google Store de Nova York, primeira loja física da companhia inaugurada em maio deste ano. O modelo base é exibido em sua cor avermelhada, enquanto a variante Pro está exposta na cor creme, e é possível conferir com mais detalhes o design adotado pelo Google na família.

Pixel 6 na cor coral (Imagem: rami1190/Reddit)
Pixel 6 na cor coral (Imagem: rami1190/Reddit)

Os aparelhos contam com acabamento em duas tonalidades diferentes, separadas pelo enorme módulo de câmeras, que se estende de uma lateral à outra. Também fica clara a separação dos modelos pelo tamanho da porção superior da traseira, maior no Pixel 6 Pro. A vitrine não chega a revelar a data de lançamento dos aparelhos, mas reforça a janela do outono norte-americano, entre o final de setembro e dezembro.

Pixel 6 Pro na cor creme (Imagem: ThisGuyRightHer3/Reddit)
Pixel 6 Pro na cor creme (Imagem: ThisGuyRightHer3/Reddit)

A propaganda traz ainda um QR Code para mais informações — ao ser escaneado, o código leva à página da família Pixel 6 no site oficial da Google Store, que segue sem trazer muitos detalhes do aparelho, além dos já revelados pelo Google em agosto.

Google Tensor tem novos detalhes curiosos vazados

Paralelo a isso, o site XDA Developers teve acesso a novas informações sobre o Google Tensor, o chipset proprietário da companhia que equipará os novos Pixel. Fontes do portal já haviam revelado alguns detalhes do componente nesta quarta-feira (15), mas agora dados mais precisos foram divulgados.

Foi possível confirmar os núcleos escolhidos pelo Google, em uma seleção curiosa: o chip empregará uma combinação de 2 + 2 + 4, sendo dois núcleos Cortex-X1 de máximo desempenho, dois Cortex-A76 de alta performance e quatro Cortex-A55 de baixo consumo. Enquanto a presença de dois Cortex-X1 indica potência de sobra para as tarefas mais pesadas, os Cortex-A76 são duvidosos.

O Google Tensor pode se destacar pela presença de dois núcleos Cortex-X1, mas pode ser afetado pelo uso de dois Cortex-A76 (Imagem: Reprodução/Google)
O Google Tensor pode se destacar pela presença de dois núcleos Cortex-X1, mas pode ser afetado pelo uso de dois Cortex-A76 (Imagem: Reprodução/Google)

Anunciados em 2018, esses núcleos já foram sucedidos pelo Cortex-A77 e Cortex-A78, significativamente mais eficientes e potentes. Felizmente, outras especificações mostram um cenário mais positivo — a GPU será a Mali-G78, mesma do Exynos 2100, rodando a 848 MHz, mas ainda sem nível de desempenho estimado, já que não há informações sobre a contagem de núcleos, e haverá suporte para decodificação de vídeos em AV1.

Fora isso, a família Pixel 6 pode ser uma opção atraente para quem preza pela qualidade de áudio, já que contará com suporte para os codecs de áudio Bluetooth aptX e aptX HD, da Qualcomm, além do aclamado LDAC, da Sony. A nova geração de celulares do Google pode ser anunciada em 19 de outubro, caso os teasers realmente contenham uma mensagem escondida.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos