Mercado abrirá em 7 h 12 min

Google paga R$ 1,3 milhão a engenheiro por engano

Google: empresa bilionária acidentalmente transferiu R$ 1,3 milhões para um engenheiro de software que nem trabalha para ela
Google: empresa bilionária acidentalmente transferiu R$ 1,3 milhões para um engenheiro de software que nem trabalha para ela
  • Sam Curry entrou em contato com a empresa, mas não obteve resposta;

  • Engenheiro foi ao Twitter para tentar chamar atenção da gigante da informática americana;

  • Google só tentou consertar o erro após a história ter sido veiculada no noticiário.

O Google pagou ao engenheiro Sam Curry, da criadora de tokens virtuais YugaLabs, a quantia de US$ 249.999, ou R$ 1,3 milhões na cotação atual. O alto pagamento a princípio poderia ter ocorrido por conta da realização de algum grande e importante trabalho, mas o profissional não realizou nenhum tipo de função para o mecanismo de buscas.

O acidente veio a público por meio do próprio Sam Curry, que publicou em sua conta no Twitter, na terça-feira (14), que havia recebido a transferência do Google e tentado entrar em contato com a empresa para devolver, mas não conseguiu nenhuma resposta.

"Já faz pouco mais de 3 semanas desde que o Google me enviou aleatoriamente US$ 249.999 e ainda não ouvi nada sobre o ticket de suporte", disse Curry. "Há alguma maneira de entrarmos em contato, @Google?". Por fim, Curry ainda brincou, dizendo: "Tudo bem se vocês não quiserem (o dinheiro) de volta".

A resposta, no entanto, só veio após a notícia sair no noticiário de domingo (18) da CNN, emissora nacional americana. Em resposta aos jornalistas, o Google afirmou que está ciente do erro e está trabalhando para consertá-lo.

"Nossa equipe recentemente fez um pagamento à parte errada como resultado de um erro humano", disse um porta-voz da gigante de tecnologia. "Agradecemos que tenha sido rapidamente comunicado pelo parceiro impactado, e estamos trabalhando para corrigi-lo". É se havia dúvidas de que se o Google queria o dinheiro de volta ou não... pelo visto uma empresa não se torna uma das mais valiosas do mundo pagando distribuindo centenas de milhares de dólares por aí.