Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.264,96
    +859,61 (+0,67%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.315,69
    -3,88 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,42
    -0,24 (-0,33%)
     
  • OURO

    1.784,70
    +1,80 (+0,10%)
     
  • BTC-USD

    31.452,27
    -4.136,93 (-11,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    762,93
    -87,41 (-10,28%)
     
  • S&P500

    4.224,79
    +58,34 (+1,40%)
     
  • DOW JONES

    33.876,97
    +586,89 (+1,76%)
     
  • FTSE

    7.062,29
    +44,82 (+0,64%)
     
  • HANG SENG

    28.489,00
    -312,27 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    28.010,93
    -953,15 (-3,29%)
     
  • NASDAQ

    14.130,25
    +0,25 (+0,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9723
    -0,0030 (-0,05%)
     

Google I/O 2021: Busca ganha ferramenta para checar fonte de informação

·2 minuto de leitura
Google I/O 2021: Busca ganha ferramenta para checar fonte de informação
Google I/O 2021: Busca ganha ferramenta para checar fonte de informação

Durante o Google I/O, nesta terça-feira (18), a big tech anunciou uma ferramenta chamada “Sobre este resultado” para refinar melhor os resultados encontrados pelo buscador. Agora, a lista de respostas à pesquisa apresenta uma opção que permite ao usuário checar a fonte da informação.

“Informação só é útil se for fidedigna e de confiança”, destacou Prabhakar Raghavan, vice-presidente sênior do Google, responsável pelos produtos de Pesquisa, Assistente, Geografia, Anúncios, Comércio e Pagamentos da big tech.

Leia mais:

Segundo o executivo, no último ano, o Google recebeu mais buscas começando com “é verdade que” do que “como fazer pão”, por exemplo. “As pessoas vem ao Google para avaliar se as afirmações que elas recebem, seja em conversas com amigos ou lendo online”, emendou Raghavan.

Por isso, a empresa passou a oferecer a ferramenta de avaliação da credibilidade da fonte que aparece nos resultados das pesquisas. “Sobre este resultado” começou a funcionar no começo deste ano. Ao clicar nos três pontos que aparecem perto do resultado, alguns detalhes aparecem para checar o site.

A lista inclui a descrição da fonte, quando indexou pela primeira vez no Google e se a conexão àquele site é segura. “Isso é especialmente importante se é um site que você nunca ouviu falar e quer saber mais sobre”, acrescentou o vice-presidente sênior da companhia de tecnologia.

Agora, em maio, a Google começou a liberar o “Sobre este resultado” em todas as línguas encontradas entre os resultados das buscas. Outros idiomas seguirão. Até o final de 2021, o buscador vai adicionar ainda outros detalhes, como o modo em que o site se descreve, o que outras fontes dizem sobre aquela e artigos relacionados para checar.

“Ter acesso a informações confiáveis é particularmente crítico em momentos como a pandemia (de coronavírus) e em notícias de última hora. É nesses momentos, e tantos outros, que as pessoas vêm ao Google. No começo, nós montamos nossos sistema de classificação para priorizar conteúdo de qualidade. Para tópicos críticos, como a Covid-19, elevamos as informações de fontes especializadas”, disse o vice-presidente Prabhakar Raghavan.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos