Mercado abrirá em 8 h 40 min

Google Notícias ganha mais jornais brasileiros e opções de assinaturas pagas

Ramon de Souza
·2 minuto de leitura

No comecinho de outubro, o Google surpreendeu o mundo com o lançamento do Destaques (ou Showcase, no original em inglês), uma iniciativa dentro do Google Notícias (ou Google News) que tem o objetivo de apoiar o jornalismo de qualidade. A companhia lançou um fundo de investimento de US$ 1 milhão (que será usado ao longo de, pelo menos, pelos próximos três anos) com o objetivo de incentivar a disseminação de conteúdos jornalísticos de relevância.

Agora, nesta quarta-feira (2), a companhia revelou uma série de novidades que tornarão o Destaque ainda mais interessante. A primeira delas é a compatibilidade com paywalls — jornais destacados que trabalham com esse tipo de monetização poderão enviar artigos protegidos para o serviço, de forma que o internauta só consiga acessá-los caso tenha feito uma assinatura diretamente com o meio de comunicação em questão.

<em>Imagem: Divulgação/Google</em>
Imagem: Divulgação/Google

Segundo Andrea Fornes, diretora de parcerias de produtos de notícias para a América Latina do Google, esse incentivo para que o internauta se cadastre no site da publicação cria “uma oportunidade de relacionamento com o leitor, abrindo-se possibilidades de geração de receita por meio de assinaturas. Ademais, o app também foi modificado para facilitar o encontro de conteúdos jornalísticos locais.

Outra novidade bacana é a adição de mais veículos brasileiros ao programa. Nesta atualização, entram no catálogo o Diário do Pará, o Meio Norte e a revista IstoÉ, que se juntarão a um total de quase 30 veículos de nosso país (incluindo piauí, UOL, Folha de Pernambuco, Estadão, O Tempo e GZH). Andrea ressalta que, mundialmente falando, o Destaque já possui 375 publicações parceiras.

<em>Imagem: Divulgação/Google</em>
Imagem: Divulgação/Google

“Desde que lançamos o Destaques, há dois meses, quase dobramos o número de publicações de todo o mundo que se inscreveram para usar o produto, partindo de critérios globais e objetivos para selar acordos com todos os veículos parceiros”, afirma. Há jornais da Alemanha, Brasil, Argentina, Canadá, França, Reino Unido e Austrália, dentre outras regiões diversas.

Melhorias constantes

Por fim, o Destaques agora funciona no Google Notícias para iOS (até então, ele era exclusivo para Android) e pelo site mobile. Métricas de leituras da plataforma também serão adicionadas ao Search Console, facilitando ainda mais a vida dos profissionais de marketing para identificar o alcance das publicações dentro da iniciativa.

“Enquanto nos aproximamos do fim do ano, é animador observar o progresso do Destaques e o entusiasmo de editores e leitores pelo mundo. Vamos continuar a dialogar e incorporar sugestões de parceiros enquanto desenvolvemos novos recursos e ampliamos o produto para promover um futuro sustentável aos nossos parceiros de notícias”, conclui Andrea.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: