Mercado fechado

Google Nest Audio vs Amazon Echo: qual merece equipar o som da sua casa?

Rubens Eishima
·5 minutos de leitura

A batalha para conectar o som em ambientes domésticos está cada vez mais acirrada. O segmento no qual a norte-americana Sonos dominava sem rivais agora inclui praticamente todos os gigantes da tecnologia. No último mês, Amazon e Google anunciaram seus novos alto-falantes conectados — Echo e Nest Audio —, e para saber qual é mais interessante para as suas necessidades, listamos as principais características dos dois modelos.

Enquanto o Echo chega à sua quarta geração em 2020, o Nest Audio substitui o Google Home. Ambos oferecem integração com as assistentes virtuais das fabricantes (Amazon Alexa e Google Assistente), trazem um novo visual, promessa de maior qualidade sonora e mais opções de controle de dispositivos conectados pela casa.

Abaixo, o Canaltech separou algumas das categorias que valem a pena considerar antes de investir em uma das plataformas de áudio. Afinal de contas, a compra de um dos dois alto-falantes é a porta de entrada em um mundo de serviços e integrações das duas gigantes.

Nest Audio é vendido em 5 opções de cores (Imagem: divulgação/Google)
Nest Audio é vendido em 5 opções de cores (Imagem: divulgação/Google)

Design e construção

A principal diferença entre os modelos surge à primeira vista. Enquanto o Nest Audio adotou o design discreto do Nest Mini — deixando de lado o visual do antecessor Google Home —, o novo Echo partiu para um estilo totalmente novo na linha, com ares futurísticos que talvez não se integre tão bem em todos os ambientes.

Apesar de ambos contarem com revestimento que lembra um tecido, as semelhanças param por aí. Ambos deixaram de lado o visual cilíndrico de seus antecessores — críticos dirão que em um esforço para se diferenciar dos vários clones do HomePod no mercado —, com o Nest Audio trazendo uma estrutura retangular, para ser usada de pé, enquanto o novo Echo apresenta uma construção esférica.

Visual futurista chama a atenção para o Echo (Imagem: divulgação/Amazon)
Visual futurista chama a atenção para o Echo (Imagem: divulgação/Amazon)

As diferenças continuam nas luzes de funcionamento, com o Nest Audio mantendo o padrão de quatro pontos discretos da linha Nest. Já o Echo 2020 adotou uma faixa iluminada na base, que muda de cor, no melhor estilo RGB dos acessórios “gamers”.

Som

  • Google Nest Audio: um woofer de 75 mm, um tweeter de 19 mm

  • Amazon Echo: um woofer de 76 mm, dois tweeters de 20 mm

No quesito áudio, a vantagem no papel fica para o novo Echo, que conta com falantes de diâmetro (levemente) maior e um tweeter a mais. O resultado é que o alto-falante da Amazon é capaz de reproduzir som estéreo, enquanto o Nest Audio precisa de um outro aparelho para o segundo canal sonoro.

Echo (esq.) possui dois tweeters, contra um no Nest Audio (Imagem: divulgação/Amazon e Google)
Echo (esq.) possui dois tweeters, contra um no Nest Audio (Imagem: divulgação/Amazon e Google)

Ambos prometem maior potência e mais qualidade sonora que os antecessores e contam com controle para desligar o microfone — capacitivo no Echo e físico no Nest Audio. Para usuários preocupados com privacidade, os dois modelos oferecem comandos para apagar o histórico de gravações.

Tanto o Echo quanto o Nest Audio podem ser integrados a sistemas com cobertura em múltiplos ambientes pela casa, que oferecem a opção de iniciar uma música na cozinha, por exemplo durante o preparo do jantar, e continuar na varanda.

Integração

Neste ponto, ambos os aparelhos trazem a maior quantidade de parcerias do mercado. Apesar disso, o forte do Nest Audio continua sendo a sua integração com serviços do Google e aparelhos configurados no aplicativo Google Home.

Forte de cada dispositivo está na integração com o ecossistema da fabricante (Imagem: divulgação/Google)
Forte de cada dispositivo está na integração com o ecossistema da fabricante (Imagem: divulgação/Google)

A maior integração oferecida pelo Alexa, porém, geralmente inclui serviços que não estão disponíveis no Brasil ou em português. Mesmo assim, a Amazon lista parcerias com serviços como o iFood, Uber e Globo/G1.

Uma vantagem do novo Echo é a inclusão do sistema de comunicação sem fio ZigBee, que permite controlar aparelhos com a tecnologia. O protocolo foi criado para transmissão de dados em dispositivos de automação doméstica — sensores, lâmpadas, portas, etc — mas só é vantajoso mesmo para quem já possui ou pretende adquirir aparelhos com a tecnologia, que ainda não emplacou no Brasil.

Recursos extras

Tanto o Nest Audio quanto o Echo (2020) são compatíveis com os principais serviços de streaming do mercado, incluindo Spotify e Deezer, mas é claro que os fabricantes esperam que você os utilizem com os aplicativos próprios das empresas — YouTube Music e Amazon Music, respectivamente.

No caso do novo Echo, a Amazon divulga suporte nativo ao Apple Music, que não está listado entre os serviços com comandos de voz (intents) pela assistente do Google. Por outro lado, o Nest Audio é compatível com o sistema Chromecast, que permite continuar no alto-falante a reprodução de músicas do celular nos aplicativos compatíveis.

Tanto o Echo (acima) quanto o Nest Audio usam fonte de alimentação com 30 W (Imagem: Divulgação/Amazon)
Tanto o Echo (acima) quanto o Nest Audio usam fonte de alimentação com 30 W (Imagem: Divulgação/Amazon)

Amazon Echo vs Google Nest Audio: qual vale a pena?

Neste ponto, a resposta é fácil: o Amazon Echo vence por WO, afinal o Google informou ao Canaltech que não há previsão de lançamento do Nest Audio no Brasil, mas a disponibilidade do Nest Mini pelo menos oferece alguma esperança para os fãs da empresa. O alto-falante da Amazon já está em pré-venda no país, com preço sugerido de R$ 749 e previsão de lançamento para o dia 4 de novembro.

Para boa parte das pessoas, porém, a resposta depende do quão envolvidas elas estão nos ecossistemas de produtos da Amazon ou Google. Quem já possui, por exemplo, um Nest Mini provavelmente vai acabar esperando pelo Nest Audio. Por outro lado, proprietários dos modelos Echo atuais estarão mais inclinados a partir para o novo Echo ou Echo dot, também atualizado recentemente.

Ficha técnica

Google Nest Audio

Amazon Echo (2020)

Processador

Quad-core a 1,8 GHz

Dual-core a 2 Ghz

(MediaTek MT8512)

Alto-falantes

tweeter 19 mm

woofer 75 mm

2 tweeters 20,3 mm

Woofer 76,2 mm

Conexão

Wi-Fi 5

Wi-Fi 5

Dimensões

175 x 124 x 78 mm

144 x 144 x 133 mm

Peso

1.200 gramas

940 gramas

Alimentação

30 W

30 W

Assistente pessoal

Google Assistente

Amazon Alexa

Cores

“giz” (cinza)

“carvão” (preto)

“sálvia” (verde)

“areia” (rosa)

“céu” (azul)

azul

branco

preto

Extras

Bluetooth, Chromecast

Bluetooth, ZigBee

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: