Mercado fechado
  • BOVESPA

    103.991,98
    +3.217,41 (+3,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.822,67
    +815,51 (+1,63%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,10
    +1,53 (+2,33%)
     
  • OURO

    1.769,00
    -15,30 (-0,86%)
     
  • BTC-USD

    56.995,05
    +252,23 (+0,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.448,91
    +10,03 (+0,70%)
     
  • S&P500

    4.577,34
    +64,30 (+1,42%)
     
  • DOW JONES

    34.648,89
    +626,85 (+1,84%)
     
  • FTSE

    7.129,21
    -39,47 (-0,55%)
     
  • HANG SENG

    23.788,93
    +130,01 (+0,55%)
     
  • NIKKEI

    27.753,37
    -182,25 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    16.022,75
    +153,00 (+0,96%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3641
    -0,0827 (-1,28%)
     

Google não reconhece falha em relação à lentidão do desbloqueio no Pixel 6

·2 min de leitura

Depois de usuários escreverem reclamações em relação à lentidão do sensor de impressões digitais do Pixel 6 e Pixel 6 Pro, o Google respondeu de forma oficial por meio de seu perfil no Twitter. Porém, a companhia não ofereceu nenhuma solução para a situação, e se limitou a explicar como o componente funciona.

A marca atestou que "o sensor de impressões digitais do Pixel 6 utiliza algoritmos de segurança melhorados. Em alguns casos, as proteções adicionais podem levar mais tempo para efetuar as verificações, ou requerir mais contato direto com o sensor". Portanto, isso significa que não há nenhum problema nos componentes ou no software do smartphone, e os tempos registrados para desbloqueio pela impressão digital estão dentro do que o Google considera normal.

O usuário também afirmou que usa uma película protetiva, e por isso ativou a função de aumentar a sensibilidade do toque, disponível por meio do menu de ajustes de display no sistema operacional do Pixel 6. A configuração é sugerida pelo Google nesses casos específicos, mas não foi suficiente para resolver o problema.

Lentidão do sensor de impressões digitais não é falha, segundo Google (Imagem: Divulgação/Google)
Lentidão do sensor de impressões digitais não é falha, segundo Google (Imagem: Divulgação/Google)

A lentidão e falta de confiabilidade do sensor de impressões digitais é um dos principais problemas apontados nos novos celulares do Google, inclusive por analistas renomados dos principais portais de tecnologia. A linha Pixel 6 é a primeira que traz sensor de impressões digitais abaixo da tela, já que até o Pixel 5 a empresa apostava no recurso localizado no painel traseiro do aparelho — com exceção ao Pixel 4, que sequer trazia o componente e apostava apenas no desbloqueio por reconhecimento facial.

É possível a situação seja normalizada com as próximas atualizações da linha Pixel 6, mas como nem o Google reconhece problemas no sensor de impressões digitais, não há como confirmar que o tempo de desbloqueio será reduzido no futuro.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos