Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.093,88 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,94 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,26 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.802,10
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    33.993,31
    +843,34 (+2,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,20 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.091,25
    +162,75 (+1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1216
    +0,0014 (+0,02%)
     

Google Meet terá recurso que facilita mistura de trabalho presencial com remoto

·2 minuto de leitura

Com o trabalho híbrido — alternando entre jornadas presenciais e em home office — despontando como alternativa nas empresas, os aplicativos de videoconferência começam a se adaptar para atender a essa nova demanda mundial. É o caso do Meet, a aposta do Google no segmento de reuniões online, que agora terá um modo “Companion” para uma segunda tela.

Ainda sem nome em português, o recurso foi projetado para conectar pessoas a seus colegas de trabalho de modo remoto, com recursos avançados para participar de reuniões presenciais ou virtuais enquanto aproveita as funcionalidades de áudio e vídeo na sala.

O Companion vai permitir uma interação melhor nas apresentações e reuniões (Imagem: Divulgação/Google)
O Companion vai permitir uma interação melhor nas apresentações e reuniões (Imagem: Divulgação/Google)

Na versão web, será possível fazer apresentações, enviar mensagens aos participantes, realizar enquetes, produzir um “perguntas e respostas” ou até oferecer a possibilidade de tirar dúvidas de quem levantar a mão. A ideia é oferecer experiências que possam ser replicadas até no Nest Hub Max.

Outra melhoria na experiência do Meet é a possibilidade de enviar um pedido de confirmação para quem for participar se o comparecimento será virtual ou presencial. Os colegas na sala de reunião poderão habilitar o modo Companion em seus dispositivos, o que permitirá a conexão simultânea no Meet enquanto se relacionam com outras pessoas.

Reuniões poderão ser confirmadas com o local: em uma sala física ou de forma virtual (Imagem: Divulgação/Google)
Reuniões poderão ser confirmadas com o local: em uma sala física ou de forma virtual (Imagem: Divulgação/Google)

Em termos de segurança, os administradores poderão definir melhor as políticas de quem pode participar das reuniões. Um novo controle de moderação permitirá que os anfitriões desabilitem o bate-papo, a apresentação e o som durante as reuniões.

Essa novidade deve chegar ao Google Meet web corporativo só em setembro, mas pode desembarcar também nos dispositivos móveis — embora ainda não haja uma data oficial.

Investimento para ser o melhor

Desde o começo da pandemia de COVID-19, o Google investe na produção de funções para deixar o Meet como o app favorito das pessoas. A companhia tem adicionado recursos extras para conseguir bater de frente com os concorrentes — Zoom e Teams, principalmente.

Na semana passada, o aplicativo do Google permitiu adicionar um vídeo como plano de fundo, além de trazer novos designs predefinidos para garantir uma experiência mais divertida ou profissional. A empresa também trouxe um novo visual para tornar as reuniões mais atrativas, embora a aparência ainda apresente alguns bugs iniciais.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos