Mercado abrirá em 2 h 22 min
  • BOVESPA

    120.061,99
    -871,79 (-0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.867,62
    +338,65 (+0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,09
    -0,26 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.788,20
    -4,90 (-0,27%)
     
  • BTC-USD

    54.260,36
    -1.313,88 (-2,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.257,33
    -5,63 (-0,45%)
     
  • S&P500

    4.173,42
    +38,48 (+0,93%)
     
  • DOW JONES

    34.137,31
    +316,01 (+0,93%)
     
  • FTSE

    6.902,53
    +7,24 (+0,10%)
     
  • HANG SENG

    28.755,34
    +133,42 (+0,47%)
     
  • NIKKEI

    29.188,17
    +679,62 (+2,38%)
     
  • NASDAQ

    13.903,00
    -16,25 (-0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6444
    -0,0576 (-0,86%)
     

Google Meet leva aos celulares modo de visualização igual ao desktop; confira

Igor Almenara
·2 minuto de leitura

O Google Meet recebeu uma nova interface para visualização de chamadas de vídeo no celular. Conhecida desde sua introdução à versão web, o chamado “tile view” organiza os participantes das conferências em pequenos blocos dispostos sobre toda a tela. Essa modalidade é capaz de apresentar até 8 indivíduos simultaneamente.

Viabilizar a exibição do máximo de contatos numa mesma tela é uma importante tarefa de apps de videochamada. A disposição de imagens simultânea proporciona diálogos mais fluidos, mais bem orientados e menos agitados para os espectadores.

Nesse cenário específico onde há muitos participantes na reunião, o tamanho de cada exibição deixa de ser prioridade, contudo, entender quem fala e como se expressa passa a ser de suma importância para o andamendo da discussão.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A interface de blocos encaixa os contatos um ao lado do outro na tela principal. Se o número total de participantes excede a quantidade máxima na tela, os remanescentes são levados ao canto inferior direito e alternam entre outros integrantes, até que tomem maior importância na chamada e assumam um dos “tijolos” principais. Quando interagem por voz, um ícone azul é apresentado no canto de cada janela.

Primeiro no iOS

Neste primeiro momento, a nova disposição do Google Meet será liberada apenas para usuários iOS — e deve ser incluída na interface do app dedicado e na integração com o Gmail. Para o Android, o visual retrabalhado será lançada "em breve".

Para o futuro, o Google promete incluir modos que levam a chamada para telas adicionais e apresentar ainda mais usuários simultaneamente. A visualização em blocos pode ser um precursor para essa nova ferramenta, já que se apresentaria de forma semelhante nos painéis secundários. Nesse caso, ainda não há datas para o lançamento.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: