Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.557,67
    +698,80 (+0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.918,28
    +312,72 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,72
    -0,33 (-0,46%)
     
  • OURO

    1.786,10
    +1,40 (+0,08%)
     
  • BTC-USD

    50.532,38
    +15,59 (+0,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.306,19
    -15,09 (-1,14%)
     
  • S&P500

    4.686,75
    +95,08 (+2,07%)
     
  • DOW JONES

    35.719,43
    +492,40 (+1,40%)
     
  • FTSE

    7.339,90
    +107,62 (+1,49%)
     
  • HANG SENG

    24.090,02
    +106,36 (+0,44%)
     
  • NIKKEI

    28.776,46
    +320,86 (+1,13%)
     
  • NASDAQ

    16.367,00
    +49,00 (+0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3444
    +0,0047 (+0,07%)
     

Google Meet corrige falha que atrapalhava muito as videoconferências

·2 min de leitura

Uma atualização do Google Meet permitirá aos anfitriões de videochamadas desligarem as câmeras ou silenciarem os microfones dos usuários de modo permanente nas chamadas em grupo. Quem for "mutado" pelo organizador não conseguirá mais ligar a câmera nem utilizar o recurso de fala até que seja liberado novamente.

Segundo o Google, o objetivo é tornar as reuniões mais tranquilas e produtivas, já que será possível evitar a interferências de pessoas não autorizadas a falar ou que possam atrapalhar o andamento das conversas. Isso pode ser útil também quando as pessoas entram em reuniões de locais barulhentos ou quando não percebem que estão o microfone aberto.

Você pode silenciar (Imagem: Reprodução/Google)
Você pode silenciar (Imagem: Reprodução/Google)

Embora isso já exista em muitos apps de videoconferências, o Meet ainda não contava com tal recurso. Desde fevereiro, os hosts podiam silenciar todos os participantes de uma só vez, mas isso não evitava que eles pudessem religar o áudio e o vídeo.

Se o participante bloqueado usar uma versão do aplicativo que não oferece suporte ao recurso, eles serão removidos da reunião e, caso tentem reconectar à sala, devem receber um aviso para atualizar ou usar outro dispositivo compatível. Nesse caso, o anfitrião precisará remover o bloqueio de áudio ou vídeo para que esse participante retorne sem realizar o update do app.

Silencie todos

Este novo recurso chegará para usuários no aplicativo para iOS e Android, bem como para o app no desktop e no Gmail. A funcionalidade já começou a ser liberada, mas o lançamento para todos deve começar somente no dia 1º de novembro, com entrega estimada para até 15 dias.

Por se tratar de uma ferramenta de moderação, o recurso está desativado por padrão e só devem ser usados durante as reuniões, de forma manual. Os desenvolvedores prometem uma entrega ampla para todos os clientes do Google Workspace, mesmo os assinantes da versão G Suite Basic e Business.

O Google Meet recebe atualizações constantes para aprimorar a usabilidade e rivalizar com os poderosos concorrentes. Recentemente, o programa ganhou uma inteligência artificial que controla a qualidade de luz nos dispositivos, o que pode aumentar ou reduzir o brilho da transmissão automaticamente. No início de outubro, usuários do Android passaram a ter suporte ao uso de desfoque de fundo ou de imagens personalizadas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos