Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.123,85
    -3.459,16 (-3,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.925,52
    -673,01 (-1,30%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,60
    -0,69 (-0,92%)
     
  • OURO

    1.734,30
    -3,20 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    41.643,32
    -593,62 (-1,41%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.026,62
    -30,53 (-2,89%)
     
  • S&P500

    4.352,63
    -90,48 (-2,04%)
     
  • DOW JONES

    34.299,99
    -569,38 (-1,63%)
     
  • FTSE

    7.028,10
    -35,30 (-0,50%)
     
  • HANG SENG

    24.500,39
    +291,61 (+1,20%)
     
  • NIKKEI

    29.597,78
    -586,18 (-1,94%)
     
  • NASDAQ

    14.831,25
    +66,50 (+0,45%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3412
    -0,0014 (-0,02%)
     

Google Meet anuncia nova medida para tentar acabar com o eco nas videochamadas

·1 minuto de leitura

Que atire a primeira pedra aquele que nunca esteve em uma chamada em que o microfone de um dos participantes fazia eco. Nesse período em que as reuniões online se tornaram o padrão, as gafes passaram a ser bem mais recorrentes. Felizmente, para ajudar todo mundo, o Google trabalha em uma adição que tenta acabar com esse tipo de problema.

O eco em chamadas online acontece quando o usuário participa da reunião sem fones de ouvido e com um microfone sem um eficiente sistema de cancelamento de ruído. O som emitido pelos alto-falantes é captado novamente pelo computador e volta para a chamada causando a repetição nas falas.

O aviso para usuários que causam eco na chamada aparecerá como um balão e dará sugestões de como evitar o efeito (Imagem: Reprodução/Google)
O aviso para usuários que causam eco na chamada aparecerá como um balão e dará sugestões de como evitar o efeito (Imagem: Reprodução/Google)

O Google Meet ainda não consegue eliminar totalmente o eco das chamadas, mas ele tentará reduzi-lo: a plataforma de comunicação notificará o usuário que causa eco na chamada e, na página de ajuda da plataforma, dará sugestões de como minimizar o efeito — abaixando o volume, encaixando fones de ouvido ou silenciando o microfone enquanto não está falando.

Apesar de simples, a solução do Google pode ser valiosa em reuniões por poupar aquele momento chato em que os participantes precisam avisar que alguém está causando eco na chamada. A detecção automática de eco será liberada entre todos os usuários ao longo das próximas duas semanas e não precisa ser ativada anteriormente para funcionar.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos