Mercado fechará em 4 h 5 min
  • BOVESPA

    113.324,05
    +41,38 (+0,04%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.479,92
    +374,21 (+0,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    75,36
    +1,38 (+1,87%)
     
  • OURO

    1.752,10
    +0,40 (+0,02%)
     
  • BTC-USD

    43.207,56
    -239,23 (-0,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.075,86
    -25,66 (-2,33%)
     
  • S&P500

    4.442,16
    -13,32 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    34.920,43
    +122,43 (+0,35%)
     
  • FTSE

    7.063,40
    +11,92 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    24.208,78
    +16,62 (+0,07%)
     
  • NIKKEI

    30.240,06
    -8,75 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    15.138,25
    -180,50 (-1,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2662
    +0,0106 (+0,17%)
     

Google Maps perderá uma função se você não compartilhar dados de navegação

·2 minuto de leitura

Para ter informações precisas sobre as condições de trânsito, o Google Maps se alimenta de dados coletados pela enorme quantidade de usuários em tempo real. Se permitido, seu celular dará informações ao Google sobre sua posição e, após o tratamento de dados, o aplicativo entenderá quais trechos estão engarrafados e quais caminhos alternativos o motorista pode tomar para evitar o congestionamento.

O fornecimento de informações é opcional, mas é uma vantagem para o Google acompanhar você em tempo real. Para incentivar a autorização de coleta de dados, o Maps removerá a função de guia em tempo real com indicações por voz do app de quem optar por não alimentar a base de dados. Assim, quem escolher não compartilhar tais informações com a Gigante da Web, não receberá aquelas instruções "vire a próxima à direita" ou "pegue a saída tal em 500 metros" enquanto dirige.

Se você não compartilhar seus dados com o Google, a função de navegação por voz no app fica indisponível (Captura: Reprodução/9to5Google)
Se você não compartilhar seus dados com o Google, a função de navegação por voz no app fica indisponível (Captura: Reprodução/9to5Google)

Quando está desativado, o guia de rotas apresentará as indicações do caminho em uma lista (ainda com dados de tráfego), com cada curva ilustrada por uma foto panorâmica do Street View. A exibição limitada tira a possibilidade de utilizar o aplicativo no trânsito de forma segura, sem precisar ficar olhando para a tela para receber as instruções a respeito do trajeto.

A solicitação pelo fornecimento de dados começou a aparecer para usuários do Maps hoje (30), mas é provável que a distribuição seja gradativa. Se o guia de navegação por voz for importante para você, é crucial aceitar o compartilhamento de dados nessa janela.

"Enquanto você navega, o Google coleta detalhes, como localização GPS e a rota que você escolheu. Esses dados são utilizados para gerar informação, incluindo condição de trânsito em tempo real e perturbações, disponíveis para outros [usuários] e que os ajuda a encontrar a rota mais rápida", informa a janela de solicitação do Google Maps.

Dados não são identificáveis

Se as suas informações estiverem com o Google, saiba que elas não são identificáveis por outros usuários. Ao final do aviso, a empresa afirma que as atualizações do mapa "não são associadas à sua conta ou ao seu dispositivo".

A solicitação de compartilhamento de dados já apareceu para você? Qual sua opinião sobre entregar informações de navegação em troca de funções do Maps? Comente abaixo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos