Mercado fechado

Google Maps implementa recurso de tradução

Nathan Vieira

O Maps já permite explorar um bairro antes de reservar um hotel, obter instruções em trânsito e até mesmo ver os restaurantes que os locais recomendam nas proximidades, graças a avaliações traduzidas automaticamente. No entanto, ao conhecer lugares novos, o idioma ainda pode representar uma barreira. E foi pensando nisso que, nesta quarta-feira (13), o serviço de pesquisa e visualização de mapas e imagens de satélite da Terra gratuito do Google lançou um recurso de tradutor que permite que o telefone fale o nome e o endereço de um local na linguagem local.

Basta tocar no botão do novo alto-falante ao lado do nome ou endereço do local e o Google Maps o dirá em voz alta. Além disso, quando você quiser ter uma conversa mais profunda, o Google Maps o vinculará rapidamente ao aplicativo Google Translate.

Com o novo recurso do Google Maps, você consegue traduzir em voz alta, quebrando as barreiras levantadas pelo idioma

Essa tecnologia de conversão de texto em fala detecta automaticamente o idioma que seu telefone está usando para determinar em quais lugares você pode precisar de ajuda para traduzir. Por exemplo, se seu telefone estiver definido como inglês e você estiver procurando um local de interesse em Tóquio, verá o novo ícone do alto-falante ao lado do nome e endereço do local, para que você possa obter uma tradução em tempo real. Vale lembrar que esse novo recurso será lançado este mês no Android e iOS, com suporte para 50 idiomas e mais a caminho.

Em outubro deste ano, uma empresa de marketing digital chamada SEMrush mapeou as principais plataformas focadas em mobilidade urbana para entender quais foram os mais pesquisados de 2019 e descobriu que o Google Maps é a plataforma mais pesquisada pelos brasileiros, com 62 milhões de buscas por seu nome. Em segundo lugar na pesquisa fica o Uber, que recebeu 7,9 milhões de buscas na internet por seu nome ao longo do período apurado. Já o terceiro lugar do ranking fica por conta da plataforma BlaBlaCar, focada em caronas, e em quarto lugar fica o Moovit, aplicativo que se considera um guia do transporte público.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: