Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.575,47
    +348,47 (+0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    41.674,30
    -738,20 (-1,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,52
    -0,19 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.783,10
    -22,40 (-1,24%)
     
  • BTC-USD

    18.058,43
    +290,38 (+1,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    333,27
    -4,23 (-1,25%)
     
  • S&P500

    3.638,35
    +8,70 (+0,24%)
     
  • DOW JONES

    29.910,37
    +37,87 (+0,13%)
     
  • FTSE

    6.367,58
    +4,65 (+0,07%)
     
  • HANG SENG

    26.894,68
    +75,28 (+0,28%)
     
  • NIKKEI

    26.644,71
    +107,41 (+0,40%)
     
  • NASDAQ

    12.273,25
    +121,00 (+1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3922
    +0,0523 (+0,82%)
     

Google Maps cria selo para promover a visibilidade dos comerciantes negros

Felipe Junqueira
·2 minuto de leitura

Em meio à convulsão social que atingiu os Estados Unidos após o incidente que vitimou George Floyd, o Google prometeu pensar em soluções para ajudar usuários negros nos momentos mais importantes para eles. E a empresa aproveitou um aumento recente nas buscas por estabelecimentos comerciais com proprietários pretos e incluiu um marcador para este tipo de comércio.

“Comerciantes nos EUA com um perfil verificado no Google podem incluir o atributo de estabelecimento com proprietário negro, o que torna mais fácil aos consumidores encontrá-los e apoiá-los”, anunciou a companhia, em seu blog The Keyword.

Estabelecimentos que desejarem ser identificados desta maneira vão ganhar um selo com um coração preto e três faixas laranjas. O recurso só está disponível nos Estados Unidos, por enquanto. Assim, ao navegar pelo Google Maps ou mesmo fazer a busca pelo nome da loja, internautas poderão identificar estes comércios e apoiá-los, fazendo uma visita, por exemplo.

<em>Estabelecimentos poderão se identificar como propriedade de pessoas negras no Google Maps</em><br><em> (Imagem: Reprodução/Google)</em>
Estabelecimentos poderão se identificar como propriedade de pessoas negras no Google Maps
(Imagem: Reprodução/Google)

O selo é mais um que se junta ao de comércios chefiados por mulheres e altamente recomendado no Google Maps. A companhia também anunciou uma parceria com a Black Chambers, Inc. para ajudar proprietários desses estabelecimentos a melhorarem seus resultados nas buscas e, assim, chegarem a mais potenciais consumidores.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: