Mercado abrirá em 8 h 51 min

Google lançará termostato mais barato com controles gestuais

Mark Gurman
·2 minutos de leitura

(Bloomberg) -- O Google prepara o lançamento de uma versão de US$ 129 do termostato Nest com controles por gestos manuais. Trata-se do produto de preço mais agressivo da empresa até agora no mercado de termostatos domésticos inteligentes. As informações foram passadas por pessoas familiarizadas com os planos.

As vendas do novo modelo mais em conta começarão nas próximas semanas nos EUA. O principal termostato da linha Nest custa US$ 249 no mercado americano e a opção Nest E sai por US$ 169. A nova versão também terá revestimento plástico, assim como o Nest E, enquanto a alternativa de ponta tem design em metal.

O Google está substituindo alguns controles por toque por uma nova tecnologia que responde a gestos manuais, disseram as fontes, que pediram anonimato porque os detalhes têm caráter privado. O novo termostato incluirá um sensor semelhante ao sistema Soli embutido no telefone Google Pixel 4, lançado no ano passado. O componente percebe os gestos do usuário, que pode deslizar a mão para cima ou para baixo para controlar a temperatura ou mover a mão para mais perto ou longe do dispositivo para navegar os menus. Um porta-voz do Google se recusou a comentar.

O novo termostato é uma extensão da estratégia recente do Google de oferecer hardware de menor preço. No ano passado, saíram os telefones Pixel mais baratos. Este ano, a empresa reduziu as especificações do smartphone e vende o Pixel 5 a US$ 699, ou US$ 100 a menos que o Pixel 4. A nova caixa de som Nest Audio está sendo vendida por US$ 99, preço menor que o de alguns concorrentes.

A divisão de hardware do Google sofre pressão para mostrar resultados financeiros após gastar centenas de milhões de dólares no desenvolvimento de produtos.

Por US$ 129, o termostato pode competir melhor com rivais da Honeywell e Ecobee e apresentar os produtos de hardware do Google a novos clientes.

Em 2014, o Google adquiriu a Nest, que por anos foi mantida como empresa autônoma sob a controladora Alphabet. Em 2018, a Nest foi integrada à divisão de hardware do Google e, no ano passado, as contas Nest e Google começaram a ser combinadas para unificar a estratégia de lar inteligente.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.