Mercado abrirá em 9 h 13 min
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,69 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,11 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,76
    +1,50 (+2,26%)
     
  • OURO

    1.787,40
    +3,50 (+0,20%)
     
  • BTC-USD

    49.077,88
    -65,29 (-0,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.261,81
    -179,95 (-12,48%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,72 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.475,94
    -290,75 (-1,22%)
     
  • NIKKEI

    27.861,16
    -168,41 (-0,60%)
     
  • NASDAQ

    15.735,25
    +17,50 (+0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3839
    -0,0114 (-0,18%)
     

Google já tem data para vender linha de celulares nos EUA

·3 min de leitura
NEW YORK, NY - OCTOBER 12: A Google Pixel 6 mobile phone sits in a display window at their corporate store on October 12, 2021 in New York City. The new phone is expected to be formally launched at the Google Pixel Fall Launch event on October 21. (Photo by Gary Hershorn/Getty Images)
NEW YORK, NY - OCTOBER 12: A Google Pixel 6 mobile phone sits in a display window at their corporate store on October 12, 2021 in New York City. The new phone is expected to be formally launched at the Google Pixel Fall Launch event on October 21. (Photo by Gary Hershorn/Getty Images)
  • Linha Pixel será lançada em 28 de Outubro nas lojas dos Estados Unidos;

  • Preços dos modelos nos EUA iniciarão entre 600 e 900 dólares;

  • Google afirma estar pronto para enfrentar Apple e Samsung;

Está marcada a data para o início definitivo da nova aventura do Google no ramo dos smartphones: nesta última terça-feira, a empresa lançou formalmente no evento Google Pixel Fall Launch seus novos smartphones Google Pixel 6 e Google Pixel 6 Pro, que terão suas vendas iniciadas no próximo dia 28 de outubro nas grandes lojas varejistas dos Estados Unidos, segundo apurado pelo site americano The Verge. 

Um dos destaques principais é a faixa de preço dos smartphones, entre 600 e 900 dólares (entre 3170 e 4760 reais na conversão de preços), um valor considerado agressivo em relação aos preços de iPhone, Samsung, e de outras linhas mais populares, especialmente quando se nota que o Google está fornecendo 128 GB de memória em ambos os modelos-base, com o Pixel 6 podendo chegar a 256 GB e o 6 Pro tem opções de até 512 GB.

Leia também:

Outra diferença dos Pixels é de um processador feito sob medida, chamado de Tensor, que o Google promete competir com o modelo mais popular, de Snapdragon. Além disso, há dois núcleos de aplicativos de alta potência, dois núcleos de médio alcance, quatro núcleos de baixa potência, um coprocessador dedicado para segurança, um núcleo de computação privado e um núcleo de processamento de imagem. O Pixel 6 emparelha o novo chip com 8 GB de RAM, enquanto o 6 Pro tem 12 GB.

A câmera deste modelo é um de seus destaques. Ambos os telefones têm em sua câmera traseira um sensor principal de 50 megapixels codificado para produzir imagens de 12,5 megapixels. É um sensor muito maior do que o usado pelo Google antes - fisicamente maior do que o novo sensor de câmera do iPhone 13 Pro -, e ao lado dela está uma câmera ultralarga de 12 megapixels. 

As câmeras frontais também diferem entre os modelos, com o Pixel 6 obtendo um campo de visão de 8 megapixels e 84 graus e o 6 Pro usando uma câmera de 11,1 megapixels e 94 graus. Em efeito prático, o The Verge, em sua análise sobre o celular, diz que "você será capaz de colocar mais pessoas em uma selfie com o [Pixel] 6 Pro do que com o 6". Já com o vídeo, ambos os telefones podem gravar até em 4K em 60 fps, agora completo com o processamento automático de imagem HDR do Google, ou capturar vídeo em câmera lenta de até 240 fps a 1080p. 

Vale ressaltar o que é visto como um dos trunfos do smartphone do Google: O Pixel 6 e 6 Pro têm telas OLED grandes. A tela do Pixel 6 mede 6,4 polegadas na diagonal, tem resolução ampla de 1080p, enquanto o Pixel 6 Pro utiliza uma tela de 1440p de 6,7 polegadas, com o mais recente vidro Gorilla Glass Victus, e com "telas brilhantes e com boa aparência", como descreveu o The Verge em sua análise. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos