Mercado fechará em 4 h 34 min
  • BOVESPA

    108.741,06
    -235,64 (-0,22%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.668,64
    -310,36 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,40
    -1,88 (-2,46%)
     
  • OURO

    1.750,50
    -3,50 (-0,20%)
     
  • BTC-USD

    16.186,45
    -370,01 (-2,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    379,42
    -3,23 (-0,84%)
     
  • S&P500

    4.026,12
    -1,14 (-0,03%)
     
  • DOW JONES

    34.347,03
    +152,93 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.453,73
    -32,94 (-0,44%)
     
  • HANG SENG

    17.297,94
    -275,64 (-1,57%)
     
  • NIKKEI

    28.162,83
    -120,20 (-0,42%)
     
  • NASDAQ

    11.703,75
    -79,00 (-0,67%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,6172
    -0,0072 (-0,13%)
     

Google investe US$ 100 milhões em empresa de avatares para encarar o TikTok

Todo mundo sabe que o TikTok se tornou um fenômeno nos últimos anos, principalmente entre os jovens, e isso estaria trazendo grandes impactos na receita de anúncios do Google. Segundo fontes informaram o site TechCrunch, a Gigante das Buscas desembolsou nada menos do que US$ 100 milhões (R$ 518 milhões) em uma empresa capaz de ajudá-la a rivalizar com a rede social chinesa.

A aquisição em questão seria a companhia chamada Alter, que estreou no mercado em 2020 como Facemoji, especializada no fornecimento de avatares na forma de plug-and-play para plataformas sociais e jogo — aliás, o Twitter estaria entre as várias empresas que bancaram o investimento inicial de US$ 3 milhões (R$ 15,5 milhões) para seu crescimento. Posteriormente, a startup, comandanda pelos fundadores Jonathan Slimak e Robin Raszka, em uma união entre Estados Unidos e República Theca, foi rebatizada para Alter.

Como o Snapchat, o Facebook e o Instagram já possuem tecnologias para filtros e avatares com mapeamento de rosto, o Google estaria preparando sua própria versão de figuras baseadas nos usuários para concorrer com o TikTok. Isso porque a Gigante das Buscas aparenta estar reformulando o YouTube Shots para comportar a novidade — embora não haja a confirmação de que realmente seja isso.

O ex-COO da Alter, Jonathan Slimak, anunciou em setembro no LinkedIn que estava começando em um novo cargo no Google, sem mencionar a aquisição. A Alter, e nem Slimak, por enquanto, falaram sobre o assunto — mas pode aguardar que deveremos ter novidades relacionadas a isso muito em breve.

O Google chegou a confirmar a aquisição, que foi fechada há cerca de dois meses. Assim, a Alphabet, empresa-mãe da Gigante das Buscas, já tem oito grandes compras de empresas em 2022.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: