Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.910,10
    -701,55 (-0,62%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.661,86
    +195,84 (+0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,29
    +0,68 (+0,79%)
     
  • OURO

    1.792,30
    -2,70 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    37.659,18
    +859,40 (+2,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    863,83
    +21,37 (+2,54%)
     
  • S&P500

    4.431,85
    +105,34 (+2,43%)
     
  • DOW JONES

    34.725,47
    +564,69 (+1,65%)
     
  • FTSE

    7.466,07
    -88,24 (-1,17%)
     
  • HANG SENG

    23.550,08
    -256,92 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    26.717,34
    +547,04 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    14.430,25
    +443,50 (+3,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9813
    -0,0427 (-0,71%)
     

Google Fotos agora permite definir limite de uso de dados móveis para backup

·2 min de leitura

O Google Fotos não mais permite desabilitar o backup de vídeos enquanto estiver usando o plano de dados do celular. No lugar, o aplicativo deixa definir um limite de banda que poderá ser usada para sincronizar os arquivos com o armazenamento em nuvem quando não houver conexão Wi-Fi.

Segundo o site 9to5Google, esse novo modelo da página “Uso de dados móveis” no menu de configurações do Fotos estreou na Índia e esta semana começou a ser distribuído para o resto do mundo — já chegou aqui na redação do Canaltech.

As novas opções de limite de dados substituem a separação de formatos anterior (Captura: Igor Almenara/Canaltech)
As novas opções de limite de dados substituem a separação de formatos anterior (Captura: Igor Almenara/Canaltech)

O usuário pode escolher limites diários entre 5 MB, 10 MB ou 30 MB em Configurações > Backup e sincronização > Uso de dados móveis. Para desligar a sincronização basta selecionar a opção "Não usar dados", mas se o backup deve acontecer sem restrições, aí resta a alternativa "Ilimitado".

Logo abaixo, é possível decidir também se o backup de arquivos pode acontecer enquanto o celular estiver em roaming, isto é, quando a linha do aparelho é ativada fora da área de cobertura e usa uma rede complementar para acessar a internet. Normalmente, esse serviço gera cobranças adicionais e, por isso, é interessante manter o consumo mais controlado.

Ficou melhor para o usuário?

Escolher a quantidade máxima de dados móveis que podem ser consumidos diariamente para o backup de arquivos do Google Fotos é mais objetivo do que segmentar a galeria entre fotos e vídeos. O antigo modelo partia do princípio de que vídeos tendem a ocupar mais espaço do que cliques estáticos, mas se o usuário fizer vários registros, o plano de dados pode facilmente se esgotar.

Portanto, a nova opção não só ajuda o usuário a evitar surpresas no fim de um dia cheio de novas fotos, como também permite que vídeos sejam armazenados na nuvem se estiverem dentro do limite definido. No mais, quando o limite for atingido, é só se conectar a uma rede Wi-Fi para ter todas as mídias sincronizadas com o Google.

Vale ressaltar que a nova opção só aparece no Android. Sendo assim, usuários de iPhone ainda podem escolher se vídeos podem ser sincronizados com a nuvem enquanto conectados via dados móveis.

Atualização é liberada gradativamente

Assim como qualquer outra atualização de app Google, essa novidade do Google Fotos deve ser distribuída gradativamente entre usuários. Se você tem o aplicativo baixado no celular, vale conferir se ele está na versão mais recente disponível na Play Store.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos