Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.491,59
    -61,11 (-0,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.017,75
    -138,50 (-0,98%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Google e Seagate utilizarão machine learning para identificar falhas em HDDs

·2 minuto de leitura

Nós quase nunca saberemos quando nossos HDDs morrerão — mas quase sempre, quando descobrimos, quem morre somos nós. Para tentar mitigar esse problema, o Google e a Seagate estão trabalhando em um sistema que promete identificar possíveis falhas e descobrir se o disco rígido vai pifar de vez. O segredo? Machine learning.

Atrelado ao Google Cloud, esse sistema, que também terá ajuda da Accenture, vai rastrear bilhões de linhas de dados SMART (Automonitoramento, Análise e Tecnologia de Relatório) de hora em hora e metadados de host, como registros de reparo, Diagnóstico de Fornecedor Online (OVD) ou Registros de Métricas de Confiabilidade Acessíveis em Campo (FARM) e dados de fabricação sobre cada disco rígido.

De acordo com o Google, o sistema de machine learning foi desenvolvido com base em produtos famosos já conhecidos dos clientes da empresa, como o Terraform, BigQuery, Dataflow, Composer e Cloud Functions, que ajudaram, entre outras coisas, a construir pipelines de dados altamente escalonáveis ​​para ingerir, carregar, transformar e armazenar terabytes de dados, incluindo dados de integridade de HDD brutos, rótulos, resultados de pesquisa e metadados.

Organograma do Google para a descoberta de falhas em HDs/ Imagem: Google
Organograma do Google para a descoberta de falhas em HDs/ Imagem: Google

Com essas funções em andamento, somado aos esforços do Google e da Seagate, quando um HDD é sinalizado para reparo, o modelo pega todos os dados sobre esse disco antes do reparo (ou seja, dados SMART e registros OVD) e os usa para prever a probabilidade de falhas recorrentes.

"O caso de negócios para usar um sistema baseado em machine learning para prever falhas de HDDs está ficando cada vez mais forte. Quando os engenheiros têm uma janela maior para identificar discos com falha, eles podem não apenas reduzir custos, mas também evitar problemas antes que afetem os usuários finais", disse o Google, em postagem oficial no blog.

O Google promete, ainda, que logo todos os HDDs da Seagate serão compatíveis com esse sistema.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos