Mercado fechará em 8 mins
  • BOVESPA

    109.785,24
    -450,52 (-0,41%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.205,98
    +397,77 (+0,83%)
     
  • PETROLEO CRU

    93,96
    +2,03 (+2,21%)
     
  • OURO

    1.802,80
    -10,90 (-0,60%)
     
  • BTC-USD

    24.190,46
    +553,66 (+2,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    572,90
    -1,84 (-0,32%)
     
  • S&P500

    4.206,01
    -4,23 (-0,10%)
     
  • DOW JONES

    33.320,07
    +10,56 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.465,91
    -41,20 (-0,55%)
     
  • HANG SENG

    20.082,43
    +471,59 (+2,40%)
     
  • NIKKEI

    27.819,33
    -180,63 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    13.315,75
    -76,25 (-0,57%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3204
    +0,0740 (+1,41%)
     

Google Duo vira nova versão do Meet; app original continua existindo

Gradativamente, até setembro, usuário que tentar baixar o Meet já receberá a versão atualizada com o Duo (Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
Gradativamente, até setembro, usuário que tentar baixar o Meet já receberá a versão atualizada com o Duo

(Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)

  • Google vai unir em um só os apps de videochamada Duo e Meet;

  • Enquanto o processo é feito, Meet original continuará existindo;

  • No futuro, suporte a essa primeira versão será encerrado.

O Google deu início, nesta semana, ao processo que vai transformar o Duo em uma nova versão do Meet, de forma a criar um só aplicativo de videochamada. O Meet original continuará existindo por algum tempo, de forma a minimizar qualquer tipo de problema entre os usuários.

O Duo já incorporou os recursos de conversa do ‘rival’ e agora deve receber uma atualização para que seu ícone atual seja substituído pelo do outro aplicativo, tanto no sistema Android quanto no iOS.

Com relação à primeira versão do Meet, o Google pretende suspender o suporte eventualmente, sem aviso prévio aos usuários. De forma gradativa, até setembro, quem tentar baixar o aplicativo de videoconferência fará o download da alternativa que incorpora o Duo.

Conforme publicado pelo TecMundo, o Google está trabalhando na junção para reduzir a quantidade de apps de comunicação que fazem parte de seu portfólio. Dessa forma, fica mais fácil para o usuário identificar quais são os produtos oferecidos pela gigante de tecnologia.

Tensão entre os funcionários

Enquanto o Google planeja atualizações em seu portfólio e imagem, ao alterar o logo da Play Store, os profissionais que trabalham na gigante seguem atormentados com a possibilidade de demissão em massa. No começo de agosto, eles foram alertados pelo principal executivo para melhorarem seu foco e produtividade devido aos fortes ventos econômicos que atingiram a empresa de tecnologia.

O pedido foi feito aos funcionários por Sundar Pichai, CEO da Alphabet, empresa controladora do Google, em uma reunião geral que solicitou ideias sobre a melhor forma de obter “melhores resultados mais rapidamente”.

“Está claro que estamos enfrentando um ambiente macro desafiador com mais incerteza pela frente”, continuou o executivo, que ainda acrescentou que “há preocupações reais de que nossa produtividade como um todo não esteja onde precisa estar para o número de funcionários que temos”.

Na ocasião, Pichai anunciou o lançamento do “Simplicity Sprint”, uma nova iniciativa em que a administração convida os funcionários a apresentarem ideias sobre como otimizar a produtividade e acelerar o desenvolvimento de produtos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos