Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -635,14 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,13 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    +0,49 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -16,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    35.900,97
    +396,64 (+1,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,36 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,25 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,83 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    +33,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

Google Drive finalmente vai permitir que você bloqueie quem manda spam

·2 minuto de leitura

O Google Drive pode ser uma belíssima plataforma de colaboração, mas tamanha praticidade também proporcionou o surgimento de “spam de arquivos”. Em uma forma de mitigar o uso indevido da nuvem, o Google permitirá que você bloqueie qualquer conta, impedindo-a de compartilhar mais documentos ou interagir através de outros serviços da gigante.

Por vezes, a área de “Compartilhados comigo” do Google Drive pode virar uma bagunça de compartilhamentos alheios e, dentro dela, podem existir arquivos de gente com quem você jamais interagiu. Essa modalidade de spam tomou proporções maiores devido à facilidade com que contas podem incluir outros perfis como coautores de um documento e, obviamente, prejudica a experiência com o armazenamento em nuvem.

"Essa pessoa não poderá interagir com você no Google Drive ou em outros produtos Google", diz a caixa de bloqueio (Imagem: Reprodução/Google)
"Essa pessoa não poderá interagir com você no Google Drive ou em outros produtos Google", diz a caixa de bloqueio (Imagem: Reprodução/Google)

Para evitar que o problema se repita, o Google implementará o bloqueio de contas em seus produtos. Ao acionar a ferramenta, o usuário exclui todos os arquivos associados à conta desconhecida e barra futuras tentativas de compartilhamento, ao mesmo tempo que revoga a participação dessa pessoa em qualquer documento já existente.

A restrição também deve evitar que o usuário indesejado visualize documentos do Google Docs, Planilhas e Apresentações ou faça comentários dentro deles. Contudo, no anúncio da ferramenta, não está claro quais produtos do ecossistema serão impactados pelo bloqueio de contas, mas é provável que isso inclua também o recebimento de e-mails do Gmail.

Prevenir é melhor que remediar

Atualmente, é possível remediar o problema. O sistema de denúncias do Drive inclui a definição de “spam” para arquivos da área “Compartilhados Comigo”. A disseminação de spam vai contra as políticas do Google, que caracteriza o material como “conteúdo promocional, comercial, indesejado ou irrelevante, solicitações em massa ou indesejadas, conteúdo criado por um programa automatizado ou conteúdo repetitivo”.

Através desse meio, a denúncia é enviada para os escritórios da companhia e serão analisadas individualmente — processo que leva algum tempo e talvez não interrompa a atividade indesejada. Por isso, é importante ter meios mais eficientes de evitar contatos irrelevantes ou incômodos.

Por enquanto, não há previsão para lançamento do bloqueio de contas no Google, mas a novidade deve chegar nos próximos meses. Não se sabe, também, se recurso semelhante poderá ser acionado pelo celular.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: