Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    43.112,32
    -1.559,58 (-3,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Google Drive agora oferece suporte offline a diversos tipos de novos arquivos

·2 minuto de leitura

O Google Drive já deixou de ser um mero serviço de hospedagem de arquivos há um bom tempo, pois oferece ferramentas úteis para o dia a dia das pessoas, como edição de documentos, planilhas e apresentações mesmo sem conexão com a internet. Agora, o modo offline também funcionará com PDFs, arquivos do Office e imagens em diferentes formatos.

Com a adição, passa a ser possível o acesso e a edição a arquivos importantes guardados na nuvem durante uma viagem ou quando a conexão com a internet está muito ruim. Isso pode ser uma ajuda e tanto para quem precisa se deslocar de um lugar para o outro com muita frequência e nem sempre conta com uma rede Wi-Fi próxima, como em aviões ou no transporte público de passageiros.

Para desfrutar do modo offline, o ideal é ter o aplicativo Google Drive para desktop instalado no Mac ou Windows — embora ele também funcione pelo navegador Chrome. O recurso precisa ser ativado nas configurações: basta clicar no ícone de engrenagem, no canto superior direito do app, e procurar na guia Geral. Veja:

Essa opção precisa estar habilitada (Imagem: Captura de tela/Canaltech)
Essa opção precisa estar habilitada (Imagem: Captura de tela/Canaltech)

Feito isso, você precisa clicar com o botão direito em um arquivo compatível e escolher a opção "Disponível offline". O Drive baixará uma cópia para o seu computador enquanto houver internet disponível e fará a sincronização assim que a conexão for retomada. Lembre-se que isso consumirá espaço no HD da máquina, por isso é bom selecionar apenas os arquivos que realmente precisa usar com muita frequência.

Clique nessa opção e o botão mudará de cinza para azul (Imagem: Captura de tela/Canaltech)
Clique nessa opção e o botão mudará de cinza para azul (Imagem: Captura de tela/Canaltech)

Os arquivos que não são compatíveis com a suíte do Google devem ser abertos em seus respectivos programas. Portanto, se você tiver uma apresentação feita em formato exclusivo do Power Point ou uma foto no formato do Photoshop, não vai conseguir abri-los se não tiver o software instalado no computador.

Esse era um recurso em testes desde 2019, mas que só chega agora em definitivo para todos os usuários, tanto para clientes do Workspace quanto para contas pessoais. Ele será liberado gradualmente para evitar sobrecargas no servidor, por isso pode levar algumas semanas até você ter acesso.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos