Mercado fechará em 4 h 58 min
  • BOVESPA

    120.288,07
    +990,94 (+0,83%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.087,41
    +583,70 (+1,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,75
    +2,57 (+4,27%)
     
  • OURO

    1.738,70
    -8,90 (-0,51%)
     
  • BTC-USD

    63.143,22
    +303,79 (+0,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.352,75
    -23,03 (-1,67%)
     
  • S&P500

    4.144,27
    +2,68 (+0,06%)
     
  • DOW JONES

    33.868,00
    +190,73 (+0,57%)
     
  • FTSE

    6.936,68
    +46,19 (+0,67%)
     
  • HANG SENG

    28.900,83
    +403,58 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    29.620,99
    +82,29 (+0,28%)
     
  • NASDAQ

    13.937,00
    -38,75 (-0,28%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7974
    -0,0338 (-0,49%)
     

Google cria app que mede distância entre aparelhos não conectados entre si

Igor Almenara
·2 minuto de leitura

O Google continua o desenvolvimento de aplicações baseadas em comunicação por proximidade no Android. Desta vez, a companhia lançou o WifiNanScan App na Play Store, uma ferramenta de análise de distâncias entre aparelhos baseado em padrões de comunicação capazes de enviar mensagens ou compartilhar arquivos.

Por enquanto, as novidades são estritamente técnicas. A introdução do WifiNanScan App é uma medida experimental para avaliar as capacidades da ferramenta entre dispositivos Android compatíveis com o Wi-Fi Aware — Android 8.0 ou mais recentes. O recurso permite que dispositivos detectem a presença de outro aparelho “sem a presença de qualquer outra conexão entre eles”.

Por meio do WifiNanScan App, dois dispositivos Android se comunicam através da formação de clusters com dispositivos vizinhos — ou criando um quando for o primeiro aparelho em uma área. Aplicativos não têm controle sobre o comportamento desse cluster. Esse processo se dá através de mecanismos incluídos nas APIs do Wi-Fi Aware, responsáveis pela detecção de outros dispositivos quando emitem um ou mais “serviços detectáveis”.

(Imagem: Divulgação/Google)
(Imagem: Divulgação/Google)

Segundo o Google, o padrão é mais eficiente que a conexão Bluetooth em termos de alcance efetivo para envio de informações e pode ser útil em “apps que compartilham grandes quantidades de dados entre usuários”, como aplicativos de compartilhamento de fotos.

Em uma visão mais ampla sobre o Wi-Fi Aware, o site do consórcio responsável por determinar um padrão comum de comunicação sem fio sugere que a detecção por proximidade pode levar a conexão entre dispositivos próximos para jogos, sincronização de tempo de músicas entre aparelhos, envio seguro de documentos para impressoras por fora da rede cadastrada e identificação de usuários em aeroportos utilizando documentação digital.

Da mesma forma, o Google pode tirar da cartola algumas ideias não mencionadas, incluindo aprimorar seu próprio ecossistema de aplicativos e dispositivos utilizando a tecnologia. No iOS, por exemplo, a detecção por proximidade alcançou níveis imperceptíveis de utilidade: além da eficiência crescente do AirDrop no compartilhamento de arquivos, aparelhos Apple — como fones e o HomePod Mini — se conectam com iPhones sem precisar de qualqure ação do usuário.

Ainda experimental

Por se tratar de uma ferramenta destinada a desenvolvedores, o WifiNanScan App (disponível na Play Store) não tem muita aplicação fora desse meio. Na verdade, as informações extraídas pelo aplicativo são puramente técnicas e sem grande finalidade senão a experimentação das ferramentas de proximidade.

Ainda assim, sugere que o Google trabalha arduamente nas melhorias de suas conexões sem fio. Se você for desenvolvedor e quiser saber mais sobre o Wi-Fi Aware e como configurá-lo no Android, acesse a página dedicada do Google.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: