Mercado abrirá em 4 h 56 min
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.220,83 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,61 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,72
    +1,22 (+1,98%)
     
  • OURO

    1.753,50
    +24,70 (+1,43%)
     
  • BTC-USD

    46.356,62
    +1.738,34 (+3,90%)
     
  • CMC Crypto 200

    926,46
    -6,68 (-0,72%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,63 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    0,00 (0,00%)
     
  • HANG SENG

    29.438,41
    +458,20 (+1,58%)
     
  • NIKKEI

    29.663,50
    +697,49 (+2,41%)
     
  • NASDAQ

    13.112,00
    +201,00 (+1,56%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7559
    -0,0024 (-0,04%)
     

Google: crescem pesquisas por ‘Bolsa Família’ e ‘cesta básica’

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Caiu também busca por vagas. (Foto: Getty Images)
Caiu também busca por vagas. (Foto: Getty Images)

Segundo o Google, empresa que mantém o mais popular mecanismo de buscas da internet, cresceu o volume de pesquisas online pelos termos “Bolsa Família” e “cesta básica” neste ano no Brasil.

Leia também:

O volume é o maior para esse período do ano desde 2004, segundo a empresa, que compilou os dados para reportagem do portal de notícias UOL.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

A empresa não traça nenhuma correlação direta entre o aumento nas buscas e a situação econômica e política atual do país.

Outro número relevante detectado pela empresa se refere à diminuição na busca pelo termo “vagas” – associada à procura de emprego, geralmente.

Segundo o Google, em janeiro de 2021, caiu 21% a procura por vagas em seu mecanismos de buscas online. O início do ano é uma época especialmente movimentada nesse sentido, quando as pessoas tendem a procurar mais oportunidades – mas essa tendência foi menos observada em 2021.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube